PUBLICIDADE
Topo

Algoz do Brasil, dupla suíça fica com o bronze no vôlei de praia feminino

Colaboração para o UOL, em São Paulo

06/08/2021 00h21

As suíças Joana Heidrich e Anouk Verge-Depre não deram chances para a dupla da Letônia, formada por Tina Graudina e Anastasija Kravcenoka, e ficaram com a medalha de bronze no vôlei de praia feminino nas Olimpíadas de Tóquio-2020. A vitória na noite desta quinta-feira (5), foi em sets diretos, parciais de 21/19 e 21/15.

A dupla suíça — que nas oitavas de final eliminou as brasileiras Ana Patrícia e Rebecca —, entrou no Shiokaze Park disposta a apagar a derrota na semifinal para a equipe dos Estados Unidos.

O primeiro set foi equilibrado até o empate em 8 a 8, foi quando Heidrich e Verge-Depre abriram vantagem no placar. A Letônia tentou encostar, mas na hora decisiva a maior experiência suíça prevaleceu.

Graudina e Kravcenoka sentiram muito a derrota na primeira parcial. Desconcentrada, a dupla da Letônia viu as suíças abrirem 5 a 1 no placar. Heidrich e Verge-Depre apenas administraram a vantagem, trocando pontos com as adversárias, até fecharem o set confortavelmente em 21/15.

Nas Olimpíadas do Rio-2016, Heidrich e Verge-Depre competiram com diferentes parceiras. Heidrich perdeu para o Brasil nas quartas de final, enquanto o Verge-Depre caiu para as medalhistas de ouro da Alemanha.