PUBLICIDADE
Topo

Bia celebra vaga no pódio do boxe, mas avisa: "a meta é ouvir meu hino"

Brasileira superou Raykhona Kodirova com folga nos três rounds das quartas de final - Wander Roberto/COB
Brasileira superou Raykhona Kodirova com folga nos três rounds das quartas de final Imagem: Wander Roberto/COB

Felipe Pereira

Do UOL, em Tóquio (Japão)

03/08/2021 05h51

A brasileira Beatriz Ferreira já garantiu medalha na categoria peso-leve (até 60kg) do boxe nos Jogos Olímpicos de Tóquio. A atleta venceu Raykhona Kodirova, do Uzbequistão, por decisão unânime, nesta terça-feira (3) e avançou à semifinal da competição. Na próxima fase, o duelo será contra Mira Potkonen, da Finlândia, dia 5 de agosto (quinta-feira), às 2h15 (de Brasília).

Vale lembrar que, no boxe, não há disputa por terceiro lugar e a delegação brasileira já garantiu, ao menos, três pódios nesta edição das Olimpíadas. Além de Bia, Abner Teixeira e Hebert Conceição também estão na semifinal e, se derrotados, vão receber o bronze.

Apesar de ter alcançado o pódio, Bia avisa que ainda que o trabalho durante o ciclo foi feito visando o ouro.

"A luta foi do jeito que eu esperava. Já tinha estudado a adversária, e já tínhamos planejado o jogo que íamos utilizar. Deu certo! Foi uma luta em que eu tinha de trabalhar mais, me impor mais, por ser uma adversária dura, que absorve bem os golpes. Acredito que foi um bom combate. Estamos preparados, estamos treinando há cinco anos para isso aqui", disse.

"Já temos três medalhas garantidas, mas estamos treinando para o ouro, queremos o lugar mais alto do pódio. Estamos felizes, mas queremos mais", disse, reforçando qual é a sua meta nessa Olimpíada: "Minha meta é ouvir meu hino no alto do pódio."

Atual campeã mundial, Bia é apontada como uma das favoritas, mas ressalta que a delegação brasileira trabalha pelo crescimento do boxe como um todo:

"Fico feliz deste favoritismo (fazendo sinal de aspas) que vocês estão falando. Pego ele como um carinho, uma força, um gás a mais, uma energia positiva. Todo mundo vem trabalhando intensamente. Estamos favorecendo o boxe e queremos que o boxe seja o favorito".