PUBLICIDADE
Topo

'Hoje não tem meme, não, né?', brinca Alison após classificação às quartas

Alison e Álvaro durante partida contra Lucena e Dalhauser no vôlei de praia - REUTERS/John Sibley
Alison e Álvaro durante partida contra Lucena e Dalhauser no vôlei de praia Imagem: REUTERS/John Sibley

BEATRIZ CESARINI

Do UOL, em Tóquio (Japão)

02/08/2021 11h08

Após a vitória sobre a dupla mexicana Gaxiola e Rubio, pelas oitavas de final do vôlei de praia nos Jogos Olímpicos de Tóquio, Alison brincou e perguntou se, desta vez, havia algum meme. Na última rodada, quando ele e Álvaro encararam Brouwer e Meeuwsen, da Holanda, uma "bronca" de Alison, com alguns palavrões, vazou durante a transmissão da Globo e logo ganhou as redes sociais.

Ao saberem do episódio, os dois riram e se desculparam. Hoje (2), com a vaga nas quartas garantida, Alison foi questionado se havia assistido ao jogo entre Bruno e Evandro contra Plavins e Tocs, da Letônia, que venceram e vão ser os adversários na semi. Foi aí que, antes da resposta, o atleta mostrou, em tom leve, certa preocupação.

"Não tem nenhum meme hoje, não, né? Deus me livre (risos). O Plavins é medalhista de bronze, joguei contra ele em 2012, na semifinal. É um jogador que defende muito bem, tem uma visão do fundo de quadra muito boa. Um dos melhores do mundo. A gente conversa muito sobre isso. E o Tocs é um bloqueador que começou a jogar há uns três anos. Ele tem um tempo de bloqueio diferente, igual ao mexicano hoje, que vai na bola o tempo todo. Então, o que posso falar é sobre isso", disse.

Logo depois, Alison explicou que não assistir às partidas de vôlei durante as Olimpíadas é uma estratégia para se manter concentrado na competição.

"A gente não tem assistido a jogo de vôlei algum. Hoje assisti ao handebol, fiquei triste [pela eliminação]. Ontem foi natação, atletismo. Vôlei não. Agora, é o mesmo discurso: voltar para a vila, descansar e amanhã pensar [nas quartas]", apontou.

"É uma maneira da gente concentrar. Um circuito mundial dura quatro dias e você não desconecta, fica assistindo, assistindo, vem o seu cruzamento... Uma Olimpíada dura 15 dias, eu só vou jogar daqui a 48 horas. Se ficar assistindo vôlei agora, dois fominhas, vamos querer aquecer e jogar de novo. O jogo não é amanhã. A gente descansa o cérebro. Não é desconcentrar e passear, nada disso, mas temos nossa tática", completou.