PUBLICIDADE
Topo

Atletas do Barcelona se mostram receptivos quanto a redução salarial

LLUIS GENE / AFP
Imagem: LLUIS GENE / AFP

22/03/2020 10h46

Devido a crise financeira enfrentada pelo Barcelona por conta da paralisação do calendário em razão do coronavírus, o presidente Josep Maria Bartomeu tenta entrar em acordo com os atletas para um possível corte salarial, uma vez que o primeiro plantel do clube representa cerca de 53% do orçamento aprovado para a temporada atual. De acordo com o "Mundo Deportivo", os jogadores estão sendo sensíveis e entendem o momento de dificuldade do clube.

Os dirigentes blaugranas realizaram uma reunião virtual na última sexta-feira em que o mandatário informou os demais membros do conselho que conversou com Messi, Busquets, Piqué e Sergi Roberto e que os capitães tiveram uma receptividade boa em relação a notícia e que aceitariam se adaptar pelas próximas semanas ou meses de paralisação.

A instituição está em contato com os jogadores para tentar minimizar os prejuízos para além do esporte, visto que a entidade também tem um papel social forte. Com isso, a análise de redução salarial está sobre a mesa dos dirigentes do Barça, mas também de jogadores de todos os esportes que estão paralisados e sem datas para recomeçar.

Na manhã desta segunda-feira haverá uma reunião por videoconferência com a LaLiga para avaliar medidas contra as perdas financeiras.O Barcelona, assim como outros cinco clubes, farão parte desta reunião. O clube catalão não irá decidir sobre nenhuma redução salarial antes deste encontro.

Barcelona