PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Veiga prega inteligência para volta: 'Não dá para fazer de qualquer jeito'

redacao@gazetaesportiva.com (Redação)

22/09/2021 00h48

Classificação e Jogos

Nesta terça-feira, o Palmeiras ficou no empate por 0 a 0 com o Atlético-MG, pela primeira semifinal da Copa Libertadores. Após a partida, Raphael Veiga foi perguntado sobre a estratégia que o Verdão deve adotar no jogo de volta e destacou a importância de atuar de forma inteligente.

"Gol, a gente precisa fazer gol, é isso que ganha jogo. Mas a gente também precisa ter inteligência para jogar a partida, não dá para a gente querer fazer as coisas de qualquer jeito. Tem que ter ciência de que do outro lado também tem grandes jogadores, é uma equipe bem treinada. Pé no chão, é a gente entender os espaços do jogo para que a consiga fazer um bom jogo e sair com a classificação", disse o jogador.

Veiga ainda comentou sobre o plano para a partida desta terça, que teve o Palmeiras marcando em seu campo em grande parte do confronto. O meia deixou claro que o time se moldou ao Galo.

"Conforme o jogo vai se desenhando, a gente vai se adaptando. A gente sabe que a equipe do Atlético-MG gosta de ficar com muita posse de bola. Às vezes, eles gostam de atrair a gente e abrir os espaços do nosso time, fazendo com que a gente desmonte a marcação", afirmou Veiga.

"Ali, dentro do jogo, a gente teve a leitura de que fechar e proteger o meio era melhor. Uma pena que hoje a gente não encaixou um contra-ataque e fez um gol, mas a gente foi sólido naquilo que fez, nos defendemos bem e temos tudo para sair com a classificação", completou.

A partida de volta entre Atlético-MG e Palmeiras acontece na terça-feira da semana que vem, às 21h30, no Mineirão, que estará parcialmente ocupado por torcedores do Galo. O vencedor do duelo terá pela frente na grande decisão o time que avançar dos confrontos entre Flamengo e Barcelona-EQU, pela outra semifinal.

Palmeiras