PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Jornal: Novo técnico do PSG dispensa Navas e clube busca saída para goleiro

Keylor Navas deve ser um dos primeiros reforços do "novo" Newcastle - Divulgação
Keylor Navas deve ser um dos primeiros reforços do "novo" Newcastle Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

07/07/2022 12h14

O novo técnico do Paris Saint-Germain, Christophe Galtier, já decidiu que o goleiro italiano Gianluigi Donnarumma será o titular absoluto da posição e, com isso, Keylor Navas será desligado do clube. O PSG, inclusive, já procura uma solução à situação do costarriquenho, segundo o jornal L´Equipe.

A publicação ressalta que o novo diretor do PSG, Luis Campos, concorda com a decisão e entende que Donnarumma, de 23 anos, é uma opção melhor para o presente e o futuro do clube. Keylor Navas, de 35 anos, demonstrou insatisfação com o revezamento na posição na última temporada, já que deseja ser titular absoluto, e deixou isso claro.

Donnarumma fez boa partida contra o Manchester City na Liga dos Campeões - REUTERS - REUTERS
Donnarumma fez boa partida contra o Manchester City na Liga dos Campeões
Imagem: REUTERS

O último técnico do Paris Saint-Germain, Mauricio Pochettino, começou a temporada passada com Navas como titular, mas, aos poucos, foi iniciado um revezamento e, nas fases decisivas da Liga dos Campeões, o goleiro titular foi Donnarumma, o que deixou Navas furioso, segundo a imprensa local. Galtier, por sua vez, não é adepto do revezamento e prefere ter um titular claro, segundo o próprio disse na coletiva de imprensa de sua apresentação na última terça-feira (05).

Ao todo, Keylor Navas atuou em 26 jogos na última temporada, enquanto o jovem italiano participou de outras 23 partidas. Os jornais locais destacam que não houve nenhum problema de convivência entre Navas e Donnarumma, mas uma rivalidade acentuada foi notada entre os goleiros.

Por enquanto, o Napoli é o time que mais se interessa na contratação de Keylor Navas. O salário do goleiro, no entanto, pode ser um impeditivo, já que os R$ 65 milhões brutos ao ano são considerados bem altos para um goleiro. O PSG, por sua vez, não deve dificultar muito a saída diante desse cenário e pode aceitar uma proposta na casa dos R$ 50 milhões.

Futebol