PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Renato Maurício Prado: 'Tite não convocar o Raphael Veiga é inexplicável'

Do UOL, em São Paulo

12/05/2022 12h41

A expectativa pela convocação de Raphael Veiga na penúltima lista de Tite antes da Copa do Mundo causou reação negativa de torcedores do Palmeiras, que xingaram o treinador da seleção brasileira aos gritos de 'Veiga é seleção', na vitória do time sobre a Juazeirense por 2 a 1 em Londrina.

No UOL News Esporte, os jornalistas Alicia Klein e Renato Maurício Prado também acham que Tite errou ao não dar uma oportunidade ao jogador que veste a camisa 23 do Palmeiras e vem de dois títulos consecutivos da Libertadores.

"Não é nem uma questão de ter convocado ontem, é uma questão de não ter dado nenhuma única chance para ele em 2 anos de atuações muito sólidas, de ganhar duas Libertadores, de ser um dos principais destaques do time que mais venceu no Brasil recentemente, em um setor em que poderia haver dúvidas. Talvez não haja dúvidas na cabeça do Tite", diz Alicia.

"Em 2 anos não dar nenhuma oportunidade é o que eu não entendo quando ele deu para jogadores que são tecnicamente inferiores ao Veiga ou estavam em momentos ruins e ainda assim foram agraciados com uma chance na seleção. Comparando com outras oportunidades que ele deu, é o que eu não entendo. A essa altura do campeonato, me surpreende pouco porque é a penúltima convocação", completa.

Renato Maurício Prado cita uma 'panela' do treinador da seleção brasileira, lembra que mesmo jogadores como Vinícius Júnior demoraram a ganhar espaço e considera inexplicável a falta de uma chance a Raphael Veiga.

"Acho um absurdo completo, ainda mais agora com essa história de 26 jogadores. Ele não precisava nem tirar ninguém do meio-campo, ele poderia botar o Veiga, nem que fosse para testar. Falta só uma convocação depois dessa, não interessa, testa o cara, ele está jogando uma barbaridade. É inacreditável, o Tite realmente, aquela coisa da 'panela' dele é uma coisa impressionante, ele se agarra aqueles nomes, não troca de maneira nenhuma", diz Renato.

"O próprio Vinícius Júnior, a dificuldade que teve para entrar na lista e depois para ter alguma chance, porque era óbvio que o Tite tinha uma certa prevenção contra ele. O caso do Raphael Veiga para mim é inexplicável, porque realmente é um jogador que está jogando bem há pelo menos dois anos e merecia estar na lista sim", conclui.

Futebol