PUBLICIDADE
Topo

Barcelona

Após eliminação, jornal detona trio titular do Barça: 'fracasso retumbante'

Ferrán Torres foi bastante marcado, mas conseguiu fazer o seu 1° gol com a camisa do Barcelona - Vincent West/Reuters
Ferrán Torres foi bastante marcado, mas conseguiu fazer o seu 1° gol com a camisa do Barcelona Imagem: Vincent West/Reuters

Colaboração para o UOL, em São Paulo (SP)

21/01/2022 08h27

Classificação e Jogos

O Barcelona foi eliminado ontem nas oitavas de final da Copa do Rei para o Athletic Bilbao na prorrogação e isso disparou o alerta na imprensa espanhola, que criticou muito o time comandado por Xavi, principalmente o goleiro Ter Stegen, o meia De Jong e o lateral-esquerdo Jordi Alba.

O jornal As considerou a eliminação um "naufrágio" e não poupou críticas ao goleiro Ter Stegen, que já foi considerado um dos melhores do mundo.

"Você pode esconder a realidade por um tempo, mas não o tempo todo. Ele é um goleiro invisível. Quase sempre mal colocado, foi lento no grande gol de Muniain e não conseguiu se impor por cima no 2 a 1, que exige muito mais controle da área. Não muito poderoso de cima ou em espaço aberto, ele não dá confiança a seus companheiros de equipe. Um goleiro francamente vulnerável que pede pelo banco sem que ninguém tenha personalidade suficiente para tomar a decisão", analisou o As.

O jovem meia Pedri foi "extraordinário" para o jornal. O atacante recém-contratado Ferrán Torres, Dani Alves e Piqué ficaram "na média", entre os erros cometidos e os acertos.

Jordi Alba cometeu o pênalti decisivo na prorrogação e a publicação do As fez questão de frisar todos os erros importantes que o lateral teve durante a partida:

"Nico Williams expôs suas deficiências defensivas. Há algum tempo o Barça precisa de alguém muito mais físico no lado esquerdo. Superado, ele saiu na foto de 1 a 0 e cometeu um pênalti inapelável ao se lançar para cortar uma bola. Embora seja difícil de aceitar, está chegando a hora de ele assumir, mas isso já vem acontecendo há muito tempo em jogos de alta demanda. E ninguém faz nada a respeito".

Assim como Ter Stegen e Jordi Alba, o meia Frankie De Jong é considerado como "peça vital" na reestruturação que o Barcelona passa por ser jovem e ter boa qualidade, mas foi muito criticado após o jogo de ontem pelo jornal As.

"Fez um jogo inaceitável, sem a melhor atitude quando entrou em campo, com duas perigosas derrotas que quase lhe custaram dois gols. A substituição pareceu incomodá-lo, talvez imprudente, mas ele não fez nada para mostrar a Xavi que ele deveria ser indiscutível. Mais um polêmico melão aberto no Barça", escreveu a publicação.

O jornal finaliza a análise afirmando que o Barcelona "não tinha noção" e que a derrota foi um "fracasso retumbante" para a equipe de Xavi.

Barcelona