PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Vice do Grêmio cutuca Flamengo sobre torcida em estádios: 'Privilegiadinho'

Marcos Herrmann mostrou revolta com a liberação do público no Maracanã em jogo da Copa do Brasil - Reprodução/YouTube
Marcos Herrmann mostrou revolta com a liberação do público no Maracanã em jogo da Copa do Brasil Imagem: Reprodução/YouTube

Do UOL, em São Paulo

20/09/2021 16h18

Classificação e Jogos

O vice-presidente do Grêmio, Marcos Herrmann, alfinetou o Flamengo após novo duelo entre as equipes ocorrido ontem no Maracanã, que acabou em vitória por 1 a 0 do time do Rio Grande do Sul, válido pelo Campeonato Brasileiro.

Em entrevista coletiva minutos após a partida, o dirigente relembrou a polêmica envolvendo a liberação parcial da torcida no estádio em questão na última quarta-feira (15), dia de outro jogo entre gaúchos e cariocas - desta vez pela volta das quartas de final da Copa do Brasil.

Ele admitiu que o episódio deixou a diretoria do Grêmio indignada, já que, no confronto de ida em Porto Alegre, não houve público.

"Isso inflamou as diretorias. Os jogadores, não. Mas nós da diretoria estávamos realmente muito chateados, porque é um regulamento que não está sendo cumprido. Estávamos chateados porque jogamos em Porto Alegre sem público e jogamos com público aqui. Isso não é certo", iniciou Herrmann.

Na sequência, ele classificou o Flamengo como "privilegiadinho" ao ressaltar que somente o clube carioca conseguiu vender ingressos e permitir torcedores em jogos como mandante.

"Vamos torcer para que o quanto antes o público volte para o estádio. Mas para os 20 [times], não só para o 'privilegiadinho'", finalizou o dirigente.

Flamengo aguarda novas decisões

Após a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), que derrubou liminar favorável ao Flamengo quanto à presença de público, o Rubro-Negro não buscará uma nova movimentação nos bastidores e vai aguardar o conselho técnico da Série A do Campeonato Brasileiro, marcado para o próximo dia 28.

O clube da Gávea pretendia ter torcida no Maracanã ontem, contra o Grêmio, baseando-se em um parecer do próprio STJD, mas entende que a nova deliberação do órgão deve ser cumprida.

Por parte dos clubes que estavam no lado oposto, o sentimento é de que a firmeza em relação à ameaça de suspensão da rodada fez a diferença.

Grêmio