PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Lisca pede demissão e não é mais técnico do Vasco: "Tristeza muito grande"

Lisca, técnico do Vasco -  Joao Vitor Rezende Borba/AGIF
Lisca, técnico do Vasco Imagem: Joao Vitor Rezende Borba/AGIF

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

08/09/2021 15h25

O Vasco informou, na tarde de hoje (8), que Lisca não é mais o técnico do time. Segundo nota do clube, "o profissional solicitou seu desligamento ao Departamento de Futebol nesta quarta-feira (08/09), antes do primeiro treinamento da equipe visando o duelo contra o CRB (AL)", pela Série B do Campeonato Brasileiro.

Anunciado no fim de julho como substituto de Marcelo Cabo, o treinador não resistiu à má fase pela qual o time passa. Em São Januário, foram apenas 12 partidas, com quatro vitórias, um empate e sete derrotas. Na segunda divisão, foram 10 partidas e aproveitamento de 43,3% — as outras duas partidas foram duas derrotas contra o São Paulo, pela Copa do Brasil.

"Estou passando aqui para me despedir de vocês, do clube. Agradecer a todos, funcionário, jogadores, colaboradores, e em especial ao Alexandre Pássaro e ao presidente Jorge Salgado, duas pessoas que tive o prazer de conhecer pessoalmente e puder ver que são diferentes neste nosso meio do futebol. Tentamos, de todas as maneiras, buscar os objetivos do clube no curto espaço de tempo que tínhamos para trabalhar e, infelizmente, os resultados não vieram. E nosso objetivo era resultado a curto prazo. Como isso não aconteceu, hoje estou me desligando do clube e desejo um grande final de campeonato, que o Vasco busque o seu objetivo, que é o acesso, que faça jogos melhores que fez comigo", disse Lisca, em vídeo divulgado pelo clube.

"É uma tristeza muito grande. Oportunidade que percorri durante 30 anos, para buscar espaço em um clube como o Vasco, mas chega um momento que temos de ter hombridade de saber que o trabalho não funcionou neste momento. Por isso, tomei essa decisão e estou passando para agradecer a toda torcida e colaboradores. Muito obrigado. Espero, um dia, poder voltar a este clube em uma outra situação", completou.

Vale lembrar que, diante das novas regras, como foi o treinador quem solicitou a saída, o Cruz-Maltino pode ir ao mercado e contratar um técnico para a vaga.

A chegada de Lisca foi bastante comemorada pela torcida, e pelo próprio treinador, mas o trabalho acabou não engrenando da forma esperada. Após a vitória sobre o Guarani, na estreia, o time vinha encontrando diversas dificuldades para chegar ao primeiro pelotão da competição e, a cada rodada, a pressão se tornava maior.

Em algumas oportunidades, o técnico admitiu que não estava conseguindo fazer a equipe encaixar. Além disso, apontou erros no planejamento do elenco e buscou, junto à diretoria, acertar os ponteiros, mas, ainda assim, os resultados não aconteceram. A derrota para o Avaí, na última segunda-feira, acabou sendo a última partida de Lisca no Vasco.

Veja nota do Vasco:

"O Club de Regatas Vasco da Gama informa que Lisca não é mais o treinador do Clube. O profissional solicitou seu desligamento ao Departamento de Futebol nesta quarta-feira (08/09), antes do primeiro treinamento da equipe visando o duelo contra o CRB (AL), pelo Campeonato Brasileiro.

O Vasco da Gama agradece ao técnico, assim como aos auxiliares Márcio Hahn e Cauan de Almeida, por todo empenho e dedicação ao longo do período à frente do Clube.

O auxiliar técnico Fábio Cortez e o preparador fisico Daniel Félix, que fazem parte da comissão permanente do Vasco, comandarão os treinamentos até a definição do novo treinador para a sequência da temporada."

*Mais informações em instantes

Vasco