PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Grêmio começa semana com negócios pendentes e grupo "em reforma"

Miguel Borja deve ser anunciado pelo Grêmio no início da semana - Miguel Schincariol/Getty Images
Miguel Borja deve ser anunciado pelo Grêmio no início da semana Imagem: Miguel Schincariol/Getty Images

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

02/08/2021 04h00

Negócios pendentes pautam o início da semana do Grêmio. Depois de um novo tropeço em campo, Luiz Felipe Scolari espera receber ao menos um novo reforço nos próximos dias. E a direção gremista também deve confirmar saídas como parte da "reforma" no grupo de jogadores.

As saídas de Ruan e Matheus Henrique carecem de oficialização. Os acordos com Sassuolo, da Itália, estão encaminhados. A condição do volante está 100% definida. No caso do zagueiro ainda restam detalhes para que o acordo seja tornado público.

Ainda na fila de saída, o Tricolor deve finalizar negociação liberando empréstimo do zagueiro Rodrigues. Para tanto, ele precisa renovar seu vínculo em Porto Alegre, partindo com valor de compra definido em contrato.

Ferreira demandará uma nova rodada de negociações. O Al-Ain, do Emirados Árabes Unidos, está disposto a subir a oferta pelo empréstimo do jogador e o salário alto apresentado ao atleta tende a pressionar pela conclusão da saída.

No caminho contrário, o nome mais perto de ser oficializado é Miguel Borja, do Palmeiras. Os clubes estão por troca de documentos de finalizar o acordo de empréstimo do atacante colombiano.

Além disso, o clube está novamente atrás de um meio-campista e ainda busca um atacante de velocidade. O nome de Pedro Rocha perdeu força a partir da imposição de pagamento definida pelo Spartak Mostou, dono dos direitos do atleta. O volante Rafael Carioca voltou à pauta como especulação nos últimos dias.

"Nós solicitamos contratação de A, B, C e vamos esperar as contratações surgirem. Quando elas surgirem, serão anunciadas", declarou Felipão.

O Tricolor volta a campo na terça-feira para encarar o Vitória pela Copa do Brasil. A situação é favorável depois de bater o oponente por 3 a 0 no compromisso de ida.

Grêmio