PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

RMP: "Flamengo voltou a jogar o futebol de 2019"

Do UOL, em São Paulo

01/08/2021 22h02

Classificação e Jogos

Mais uma vez, o Flamengo se sentiu à vontade na Neo Química Arena. Neste domingo (1º), o rubro-negro visitou o Corinthians e voltou com uma vitória por 3 a 1. O time carioca se impôs em Itaquera, dominou o adversário e manteve o aproveitamento de 100% sob o comando de Renato Gaúcho - seis vitórias em seis jogos.

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte - com os jornalistas Isabela Labate, Renato Maurício Prado, Mauro Cezar Pereira e Rodolfo Rodrigues - a ótima exibição do Flamengo em Itaquera foi o principal destaque do debate. Os comentaristas elogiaram a atuação da equipe e até a comparam ao time de 2019, quando Jorge Jesus esteve no comando.

"Do jeito que está jogando, o Flamengo não perde para ninguém no Brasil. O Flamengo voltou a jogar o futebol de 2019, essa que é a verdade. Quando Jorge Jesus foi embora e as coisas começaram a não dar certo, todo mundo dizia que o Flamengo nunca mais jogaria como em 2019. Nesses seis jogos do Renato Gaúcho à frente do time, em cinco foi o futebol de 2019. O recado que deixo para o torcedor rubro-negro é: 2019 voltou", disse Renato.

Para Mauro, o Flamengo poderia até ter feito mais gols, mas se preservou de olho na sequência de jogos importantes que terá pela frente. "Não foi pior para o Corinthians porque o Flamengo nitidamente se poupou. É natural que o time dê uma arrefecida e o jogador comece a pensar no geral. Entendo que o jogador diminua o ritmo. O Renato Gaúcho trocou todos os que poderia trocar e fez o certo", analisou.

Embora elogie as atuações recentes do time da Gávea, Renato ainda se mostra um pouco cauteloso sobre a duração desta boa fase. "É praticamente idêntico o futebol de hoje com o de 2019. O que precisa ver é se o Flamengo do Renato Gaúcho vai conseguir manter esse nível de atuação durante a temporada inteira como o Flamengo do Jorge Jesus conseguiu. Se mantiver, vai ganhar tudo. Não tem ninguém jogando um futebol sequer parecido com o que o Flamengo jogou nesses últimos cinco jogos. A melhor atuação do Palmeiras não chega perto da pior atuação do Flamengo", opinou.

A passividade corintiana mesmo jogando em casa chamou a atenção de Rodrigues. "O Flamengo deu novamente um passeio no Corinthians em Itaquera. Fez 3 a 0 no primeiro tempo e poderia ter feito mais. O Corinthians estava morto em campo. Não combatia e não chegava junto na marcação. Arrascaeta e Everton Ribeiro ficaram livres no meio-campo. O Corinthians não deu trabalho para o Flamengo", apontou o colunista.

Renato exaltou a boa fase vivida pelo quarteto ofensivo do Flamengo. "Arrascaeta, Everton Ribeiro, Bruno Henrique e Gabigol voltaram a jogar bola. Os quatro estão felizes da vida. Estão juntos de novo. Com esses quatro jogando bem, não tem para ninguém. Nenhum outro clube no Brasil e nem na América do Sul tem um quarteto com tanta qualidade. O que houve hoje no primeiro tempo foi um recital", finalizou.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol