PUBLICIDADE
Topo

Eurocopa - 2021

Autoridades italianas culpam celebração da Euro pela ascensão da covid-19

Jogadores da seleção italiana desfilam pelas ruas de Roma após título da Eurocopa - REUTERS
Jogadores da seleção italiana desfilam pelas ruas de Roma após título da Eurocopa Imagem: REUTERS

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/07/2021 10h53

Classificação e Jogos

Os oficiais de saúde da Itália culpam a celebração do título da Eurocopa pelo aumento dos casos do novo coronavírus em Roma. No dia 12 de junho os jogadores desfilaram em carro aberto após a conquista da competição.

A capital italiana, como muitas outras cidades da Europa, está vivenciando um aumento no número de casos da covid-19, após as flexibilizações. Com isso, o oficial de saúde da região da Lazio, Alessio D'Amato, culpou Gabriele Gravina, presidente da Federação Italiana de Futebol (FIGC) pelo aumento.

Os jogadores e a Federação Italiana defenderam o desfile - que gerou uma grande aglomeração -, apesar dos avisos de funcionários públicos.

"Estamos pagando o preço pelo chamado 'Efeito Gravina', mas felizmente sem complicações nos hospitais. Estamos fadados a ver mais casos como resultado da perda de foco em torno das comemorações da Euro, e essa tendência vai continuar por mais alguns dias", disse D'Amato, e completou:

"A maioria dos novos casos positivos é de jovens que ainda não foram vacinados, o que mostra mais uma vez a importância da vacinação."

Na última terça-feira, 20, houve 681 novos casos de covid-19 registrados em Roma, em comparação com 164 no dia anterior ao desfile do título, embora não se saiba quantos testes positivos estão ligados às comemorações.