PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Veja posição dos clubes brasileiros e os jogos com desfalques olímpicos

Seleção olímpica em amistoso na Sérvia, no começo do mês. Grupo que vai para Tóquio foi definido hoje (17) - Ricardo Nogueira/CBF
Seleção olímpica em amistoso na Sérvia, no começo do mês. Grupo que vai para Tóquio foi definido hoje (17) Imagem: Ricardo Nogueira/CBF

Do UOL, no Rio de Janeiro

17/06/2021 15h29

Dez dos 18 jogadores convocados por André Jardine para os Jogos Olímpicos de Tóquio atuam no Brasil. Em breve serão nove, porque Gerson está de saída do Flamengo para reforçar o Olympique de Marselha-FRA em julho. Tão logo a lista foi anunciada hoje (17) de manhã, questões referentes à liberação dos jogadores por parte de seus clubes em meio ao atropelado calendário do futebol brasileiro já chamaram atenção.

A Olimpíada não é uma data Fifa, que obriga os clubes a cederem seus jogadores. É um torneio fora do calendário internacional. O próprio Flamengo não pretende liberar Pedro em razão de seus compromissos no Campeonato Brasileiro, na Copa do Brasil e na Copa Libertadores — apesar de o jogador já ter comemorado a convocação em suas redes sociais.

Os jogadores que atuam no Brasil se apresentarão no dia 8 de julho. A primeira fase tem jogos nos dias 22, 25 e 28. Caso a seleção chegue na final olímpica, ela será em 8 de agosto — ou seja, isso representa até um mês fora de ação por seus clubes.

Qual o atual status de liberação dos jogadores que atuam no Brasil para a Olimpíada? Os outros times vão fazer jogo duro como o Flamengo? Em que jogos os atletas liberados vão desfalcar seus times? Veja tudo abaixo:

Brenno (Grêmio)

Será liberado pelo Grêmio, que até comemorou a convocação. Não atuará pelo clube nas oitavas de final da Sul-Americana contra a LDU (em 13 e 20 de julho) e nas oitavas de final da Copa do Brasil contra adversário que será sorteado (previstas para as semanas de 28 de julho e 5 de agosto). No Brasileirão é impossível precisar a quantidade de rodadas porque a tabela não foi desmembrada, mas são provavelmente cinco rodadas (Internacional, Fluminense, América-MG, Red Bull Bragantino e Chapecoense).

Santos (Athletico-PR)

Será liberado pelo Athletico-PR, que até comemorou a convocação. Não atuará pelo clube nas oitavas de final da Sul-Americana contra o América de Cali (em 13 e 20 de julho) e nas oitavas de final da Copa do Brasil contra adversário que será sorteado (previstas para as semanas de 28 de julho e 5 de agosto). No Brasileirão é impossível precisar a quantidade de rodadas porque a tabela não foi desmembrada, mas são provavelmente cinco rodadas (Red Bull Bragantino, Ceará, Internacional, Atlético-MG e São Paulo).

Daniel Alves (São Paulo)

Será liberado pelo São Paulo. Já houve conversas da diretoria do clube com o jogador e com a CBF, é uma vontade dele. O São Paulo tem uma dívida com Dani Alves na casa de R$ 10 milhões, o que reduz o poder de barganha. Não atuará pelo clube nas oitavas de final da Libertadores contra o Racing (em 13 e 20 de julho) e nas oitavas de final da Copa do Brasil contra adversário que será sorteado (previstas para 28 de julho e 5 de agosto). No Brasileirão é impossível precisar a quantidade de rodadas porque a tabela não foi desmembrada, mas são provavelmente cinco rodadas (Bahia, Fortaleza, Flamengo, Palmeiras e Athletico-PR).

Daniel Alves - Lucas Figueiredo/CBF - Lucas Figueiredo/CBF
Daniel Alves foi cortado da Copa América e chamado para os Jogos Olímpicos de Tóquio
Imagem: Lucas Figueiredo/CBF

Gabriel Menino (Palmeiras)

Será liberado pelo Palmeiras, ao contrário do que aconteceu com o goleiro Weverton. O entendimento muda somente por causa da idade. Não atuará pelo clube nas oitavas de final da Libertadores contra a Universidad Católica (em 14 e 21 de julho). No Brasileirão é impossível precisar a quantidade de rodadas porque a tabela não foi desmembrada, mas são provavelmente cinco rodadas (Santos, Atlético-GO, Fluminense, São Paulo e Fortaleza).

Guilherme Arana (Atlético-MG)

Ainda não há definição sobre liberação, clube não se posicionou. No entanto, jogador comemorou a convocação. Não atuaria pelo clube nas oitavas de final da Libertadores contra o Boca Juniors (em 13 e 20 de julho) e nas oitavas de final da Copa do Brasil contra adversário que será sorteado (previstas para 28 de julho e 5 de agosto). No Brasileirão é impossível precisar a quantidade de rodadas porque a tabela não foi desmembrada, mas são provavelmente cinco rodadas (América-MG, Corinthians, Bahia, Athletico-PR e Juventude).

Arana e Claudinho - Srdjan Stevanovic/Getty Images - Srdjan Stevanovic/Getty Images
Claudinho e Guilherme Arana comemoram gol da seleção olímpica sobre a Sérvia sub-21 em jogo neste mês
Imagem: Srdjan Stevanovic/Getty Images

Nino (Fluminense)

Será liberado pelo Fluminense, que até comemorou a convocação. Não atuará pelo clube nas oitavas de final da Libertadores contra o Cerro Porteño (em 13 e 20 de julho) e nas oitavas de final da Copa do Brasil contra adversário que será sorteado (previstas para 28 de julho e 5 de agosto). No Brasileirão é impossível precisar a quantidade de rodadas porque a tabela não foi desmembrada, mas são provavelmente cinco rodadas (Sport, Grêmio, Palmeiras, Juventude e América-MG).

Claudinho (Red Bull Bragantino)

Será liberado pelo Red Bull Bragantino, que até comemorou a convocação. Não atuará pelo clube nas oitavas de final da Sul-Americana contra o Independiente del Valle (em 14 e 21 de julho). No Brasileirão é impossível precisar a quantidade de rodadas porque a tabela não foi desmembrada, mas são provavelmente cinco rodadas (Athletico-PR, Santos, Fortaleza, Grêmio e Sport).

Gerson (Flamengo)

Sai do clube no fim de junho e não será problema.

Matheus Henrique (Grêmio)

Será liberado pelo Grêmio, que até comemorou a convocação. Não atuará pelo clube nas oitavas de final da Sul-Americana contra a LDU (em 13 e 20 de julho) e nas oitavas de final da Copa do Brasil contra adversário que será sorteado (previstas para as semanas de 28 de julho e 5 de agosto). No Brasileirão é impossível precisar a quantidade de rodadas porque a tabela não foi desmembrada, mas são provavelmente cinco rodadas (Internacional, Fluminense, América-MG, Red Bull Bragantino e Chapecoense).

Matheus Henrique - Pedro H. Tesch/AGIF - Pedro H. Tesch/AGIF
Matheus Henrique, do Grêmio, comemora gol diante do Caxias, pelo campeonato Gaúcho
Imagem: Pedro H. Tesch/AGIF

Pedro (Flamengo)

A princípio, não será liberado pelo Flamengo. O clube alega que o desfalque causaria desequilíbrio nas competições que disputa. Se fosse para Tóquio, ele desfalcaria o time nas oitavas de final da Libertadores contra o Defensa y Justicia (em 14 e 21 de julho) e nas oitavas de final da Copa do Brasil contra adversário que será sorteado (previstas para as semanas de 28 de julho e 5 de agosto). No Brasileirão é impossível precisar a quantidade de rodadas porque a tabela não foi desmembrada, mas são provavelmente cinco rodadas (Chapecoense, Bahia, São Paulo, Corinthians e Internacional).

Futebol