PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Como expulsão de Weverton no RJ pode tirar vaga do Palmeiras no Paulistão

Weverton durante a partida entre São Bento e Palmeiras, em Volta Redonda, pelo Campeonato Paulista - Cesar Greco
Weverton durante a partida entre São Bento e Palmeiras, em Volta Redonda, pelo Campeonato Paulista Imagem: Cesar Greco

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

09/05/2021 04h00

Classificação e Jogos

Uma combinação de resultados específica pode fazer com que o Palmeiras seja eliminado do Campeonato Paulista por conta de um cartão vermelho. O time alviverde entra em campo na tarde de hoje (9) diante da Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, em busca de uma vaga nas quartas de final que, até rodadas atrás, parecia quase impossível.

Para seguir vivo no Paulistão, o Palmeiras — que soma 18 pontos — precisa vencer a Ponte Preta e ainda torcer por um tropeço do Novorizontino, que é vice-líder do grupo C com 19 pontos e tem o Corinthians, arquirrival alviverde, pela frente nesta última rodada.

Caso não vença, o time de Abel Ferreira ainda tem uma esperança. Pode avançar mesmo empatando, desde que o Novorizontino seja superado por um placar que o faça ficar com menos saldo de gols que o Alviverde: hoje os clubes têm o mesmo número de vitórias (5), mas a equipe do interior leva a melhor no saldo (6 a 5) e em gols marcados (16 a 15)..

Existe ainda um cenário que levaria a definição do classificado para os cartões vermelhos. Isso porque, com 1 a 1 em Campinas e 1 a 0 para o Corinthians em Itaquera, Palmeiras e Novorizontino ficariam, então, igualados em todos os quesitos anteriores: pontos (19), vitórias (5), saldo de gols (5), gols pró (16) e gols contra (11).

Neste caso, o classificado para o mata-mata do Paulistão seria o Novorizontino, uma vez que o time do interior não levou cartões vermelhos até aqui — enquanto o Palmeiras levou um, de Weverton, no empate por 1 a 1 com o São Bento, pela terceira rodada. Foi um dos jogos do Paulista disputado em Volta Redonda-RJ, quando as competições esportivas estavam vetadas em São Paulo.

Isso, claro, levando em conta que o Novorizontino não tenha nenhum jogador expulso contra o Corinthians. Caso isso aconteça, a disputa seria nos cartões amarelos. Até aqui, o Palmeiras também está em desvantagem: são 20, contra 17 da equipe do interior.

Palmeiras