PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

São Paulo sobra em estreia na Libertadores e faz 3 a 0 no Sporting Cristal

Luan e Tiago Volpi comemoram ao lado de Crespo o gol do São Paulo contra o Sporting Cristal - Getty Images
Luan e Tiago Volpi comemoram ao lado de Crespo o gol do São Paulo contra o Sporting Cristal Imagem: Getty Images

Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo

20/04/2021 23h21

Classificação e Jogos

O São Paulo sobrou em sua estreia pela fase de grupos da Libertadores e venceu o Sporting Cristal (PER) por 3 a 0, na noite de hoje (20), acabando com uma invencibilidade de 21 partidas dos peruanos. Luan, Martín Benítez e Eder fizeram os gols da partida disputada no Estádio Nacional de Lima, no Peru.

O Tricolor paulista assume a primeira colocação do Grupo E do torneio continental, com três pontos conquistados. Os peruanos estão na lanterna. Racing (ARG) e Rentistas (URU) ainda não se enfrentaram pela primeira rodada da chave.

Na sequência de sua maratona, o São Paulo ainda volta a campo nesta semana. Seu próximo jogo será diante do Santo André, na sexta-feira (23), no Morumbi, pelo Campeonato Paulista.

Quem foi bem: Luan

Em uma noite que fez o seu primeiro gol como profissional, Luan foi o grande nome da partida. O gol foi apenas a cereja do bolo para a boa atuação do volante. Ele se destacou na saída de bola e também na marcação, impedindo que os meio-campistas adversários tivessem espaço para chegar ao gol defendido por Tiago Volpi. O atleta, inclusive, foi o responsável por roubar a bola antes do gol anotado por Benítez.

Quem foi mal: Corozo

Washington Corozo não fez uma boa partida contra o São Paulo. O dono da camisa 11 falhou no lance do primeiro gol do São Paulo ao tentar afastar um cruzamento e mandar nos pés de Luan. No geral, ele pouco acrescentou na criação de jogadas.

Benítez se destaca como articulador entre os titulares

Escalado na posição que vinha sendo de Igor Gomes neste início de temporada, o argentino Martín Benítez se destacou como articulador em Lima. O meio-campista ex-Vasco deu dinamismo ao setor e levou perigo ao gol adversário com passes rápidos. Em trama com Reinaldo pela esquerda, ele participou do lance que culminou no gol marcado por Luan no primeiro tempo. Depois, na segunda etapa, argentino também deixou a sua marca na etapa complementar em uma bela finalização de fora da área.

Atuação do Sporting Cristal

O Sporting Cristal adotou uma postura parecida com a do São Paulo em campo. Embora tivesse menos posse de bola, os peruanos tentaram apostar em intensidade e marcação elevada para chegar ao gol. A equipe, contudo, encontrou dificuldades para concluir a gol no último terço de campo. Por outro lado, também teve dificuldade muitas vezes em sua saída de bola devido à forte marcação apresentada pelos comandados de Hernán Crespo. Defensivamente, o time peruano teve dificuldades para neutralizar os homens de frente do São Paulo.

Atuação do São Paulo

Contra o Sporting, o São Paulo manteve o perfil de jogo que vem exibindo no Paulistão. Com volume de jogo, marcação alta e posse de bola, o Tricolor paulista dominou o jogo desde o primeiro minuto, mesmo na condição de visitante. Em lances de ataque, a equipe chegou com até seis atletas na área adversária. Os dois primeiros gols marcados, contudo, foram em finalizações de longa distância. Luan e Martín Benítez fizeram em chutes da intermediária ofensiva. Na sequência, Eder contou com cruzamento de Reinaldo em contra-ataque para deixar a sua marca. Os comandados de Hernán Crespo ainda foram eficientes na defesa. Com boa marcação dos volantes e do trio de zaga, a equipe evitou que o gol de Tiago Volpi fosse vazado. O goleiro ainda fez ao menos uma boa defesa no compromisso.

Cronologia do jogo

Reinaldo recebeu lançamento de Benítez na ponta esquerda, chegou à linha de fundo e cruzou na direção do segundo poste. Corozo afastou para a entrada da área, e Luan finalizou para estufar a rede aos 16 minutos do primeiro tempo. Duarte, goleiro do Sporting Cristal, ainda falhou no lance.

No segundo tempo do jogo, aos 59 minutos, Benítez aproveitou sobra em desarme de Luan no campo ofensivo, limpou para a perna direita e soltou a bomba para estufar a rede de Alejandro Duarte. Eder fez o terceiro gol do jogo aos 80 minutos. Ele aproveitou cruzamento rasteiro de Reinaldo e apenas tocou para o fundo da rede de Alejandro Duarte.

Léo cometeu um erro primário nos minutos finais do segundo tempo e recebeu o segundo cartão amarelo aos 90 minutos. Ele acabou expulso e deixou o Tricolor com um jogador a menos nos acréscimos da etapa complementar.

Sporting Cristal perde invencibilidade de 21 partidas contra o São Paulo

O São Paulo acabou com uma invencibilidade de 21 partidas do Sporting Cristal — 16 vitórias e cinco empates. Os peruanos não sabiam o que era perder desde 3 de outubro do ano passado, quando foram derrotados pelo Atlético Grau por 3 a 1. A equipe tem sido o principal destaque da liga peruana, pois conquistou o título em 2020 e, neste ano, tem a melhor campanha da competição. Até o momento, foram quatro vitórias em quatro jogos, com 11 gols marcados e um sofrido.

FICHA TÉCNICA:

SPORTING CRISTAL X SÃO PAULO
Motivo
: 1ª rodada do Grupo E da Libertadores
Local: Estádio Nacional de Lima, em Lima (PER)
Data: 20 de abril de 2021 (terça-feira)
Horário: às 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Andrés Cunha (URU)
Assistentes: Andrés Nievas (URU) e Pablo Llarena (URU)

Cartão amarelo: Horacio Calcaterra, Lora (Sporting Cristal); Bruno Alves, Léo (São Paulo)

Cartão vermelho: Léo (São Paulo)

Gol(s): Luan, aos 13 minutos (0-10); Martín Benítez, aos 59 minutos (0-2); Eder, aos 80 minutos (0-3)

Sporting Cristal: Alejandro Duarte; Johan Madrid (Lora), Alejandro González, Omar Merlo e Nilson Loyola; Gerald Távara (Hohberg), Horacio Calcaterra, Christofer González e Washignton Corozo (Olivares); Marcos Riquelme e Irven Ávila (Prettel). Técnico: Roberto Mosquera.

São Paulo: Tiago Volpi; Arboleda (Miranda), Bruno Alves e Léo; Daniel Alves, Luan, Liziero (William), Martín Benítez (Rodrigo Nestor) e Reinaldo; Luciano (Igor Gomes) e Pablo (Eder). Técnico: Hernán Crespo.

São Paulo