PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

Federação Peruana envia carta e se desculpa por veto ao treino do São Paulo

Jogadores do São Paulo tiveram que treinar em hotel no Peru por causa de veto à atividade no CT da Federação Peruana - Reprodução/Twitter
Jogadores do São Paulo tiveram que treinar em hotel no Peru por causa de veto à atividade no CT da Federação Peruana Imagem: Reprodução/Twitter

Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo

20/04/2021 17h11

Classificação e Jogos

A Federação Peruana de Futebol enviou, na tarde de hoje (20), uma carta ao São Paulo em que pediu desculpas pelo veto ao treino de ontem (19) por parte das autoridades locais. O documento foi repassado à delegação do clube que viajou ao país para o jogo de estreia na fase de grupos da Libertadores, diante do Sporting Cristal, na noite de hoje (20).

O documento classifica a decisão do IPD (Instituto Peruano de Esportes, em tradução livre), órgão governamental responsável pelo futebol profissional durante a pandemia, como "precipitada e contrária à opinião do Ministério de Saúde", conforme apurado pelo UOL Esporte.

A Federação Peruana informou ao clube brasileiro que foi enviado um ofício ao IPD na última sexta-feira (16) avisando sobre a programação de treinos do Tricolor paulista e também do Palmeiras, que faz a sua estreia no país. O IPD enviou somente ontem um ofício à entidade alegando que não autorizaria as atividades em território peruano.

A Conmebol foi acionada pela federação local com o intuito de reverter a decisão tomada pelo IPD. Sem uma resposta satisfatória, a Federação Peruana acionou o Ministro da Saúde, em regime de urgência, obtendo uma resposta favorável somente às 20h54 (de Brasília). O São Paulo, no entanto, já havia realizado a sua atividade no hotel naquele momento.

O treino estava previsto para as 18h (de Brasília), em La Videna, CT da seleção peruana. Com o veto das autoridades locais, a atividade ocorreu às 19h30 (de Brasília) no hotel que hospeda a delegação.

Os podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts e em todas as plataformas de distribuição de áudio. Você pode ouvir UOL São Paulo, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Amazon Music e YouTube.

São Paulo