PUBLICIDADE
Topo

Vasco

Embalado após clássico, Vasco pega Boavista para se manter vivo no Carioca

Jogadores do Vasco comemoram a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil após vitória sobre o Tombense - Staff Images
Jogadores do Vasco comemoram a classificação para a próxima fase da Copa do Brasil após vitória sobre o Tombense Imagem: Staff Images

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

18/04/2021 04h00

Embalado pela vitória no clássico com o Flamengo, o Vasco encara o Boavista para defender "a vida" no Campeonato Carioca. Com o objetivo de manter as chances de classificação às semifinais, a equipe de São Januário precisa da vitória logo mais, no Elcyr Resende, em Saquarema.

O Cruz-Maltino está na sexta colocação, com 13 pontos, cinco atrás da Portuguera, e, antes de a bola rolar, com seis pontos ainda em disputa — contra Boavista e Resende. O time do técnico Marcelo Cabo, inclusive, foi da virtual eliminação à possibilidade de avançar no Estadual nas duas últimas rodadas, após os triunfos contra Bangu e o rival rubro-negro.

Em meio à reestruturação para a temporada, com mudanças na diretoria, comissão técnica e elenco, a classificação se torna importante para além dos motivos esportivos. Se manter no Carioca pode dar confiança a um início de trabalho que tem como principal meta o retorno à Série A do Brasileiro.

Além da empolgação com o bom resultado no "Clássico dos Milhões" — que decretaria a eliminação em caso de derrota —, o Vasco tem a favor também o retrospecto. Em 14 confrontos contra o Boavista, foram 12 vitórias, um empate e apenas uma derrota, que aconteceu em 2011.

"Trabalhamos uma frase motivacional e colocamos um vídeo bem curto de um atirador de elite do Bope. E é muito bem alinhado com o comandante. Eles trabalham quatro horas para dar um tiro. Conversamos que tínhamos uma bala para acertar nesse jogo, como o sniper não pode errar. Os jogadores compraram essa ideia e entraram bem focados nesse jogo", disse Cabo, após o jogo da última quinta-feira.

Vanderlei à disposição

Reforço para a temporada, o goleiro Vanderlei, ex-Santos e Grêmio, está regularizado e à disposição da comissão técnica. Ele chegou à Colina no início do mês e tem à frente uma acirrada disputa com o jovem Lucão, cria da base que vem sendo o titular.

Goleiro Vanderlei é apresentado no Vasco da Gama pelo diretor-executivo de futebol, Alexandre Pássaro - Reprodução / Vasco TV - Reprodução / Vasco TV
Imagem: Reprodução / Vasco TV

Ele, que classificou a atuação frente ao Flamengo como a melhor dele como profissional, vê a chegada de Vanderlei como natural.

"Com certeza [melhor atuação], ainda mais pela questão do jogo, por ser um clássico. Jogar bem é importante para nós, fica marcado. Foi uma atuação perfeita do time. Sabíamos como o Flamengo jogava, é um dos melhores times do Brasil, mas clássico é clássico", apontou ele, que completou:

"Acredito que tudo é um trabalho, comecei aqui no Vasco bem novo, era um sonho chegar no profissional, Entendo chegar um goleiro mais experiente. Esse ano tinha o Fernando, está chegando o Vanderlei, e eu vejo como um aprendizado a chegada dele".

Encontro com Jucilei

Volante Jucilei em treinamento do Boavista - Eduardo Peralta / Boavista - Eduardo Peralta / Boavista
Imagem: Eduardo Peralta / Boavista

O confronto de logo mais reserva um encontro entre o Vasco e o volante Jucilei, hoje no Boavista. Em janeiro do ano passado, fora dos planos do São Paiulo, o jogador negociou com o Cruz-Maltino um contrato de empréstimo por uma temporada. As tratativas chegaram a um estágio avançado, sob o aval do então técnico Abel Braga. Até que houve um recuo da diretoria, e as conversas tiveram um final nada satisfatório.

Pouco depois de a negociação "melar", Jucilei, em entrevista ao jornal "O Dia", falou sobre o caso e alfinetou o clube de São Januário, afirmando que o Vasco "não tinha dinheiro para pagar o salário" e apontando que "deveria agradecer" por ele ter se disponibilizado a atuar pelo clube.

No início de março, às vésperas de Jucilei fazer a estreia pela equipe de Saquarema, o UOL Esporte conversou com o jogador, que falou sobre esse recomeço na carreira.

FICHA TÉCNICA
BOAVISTA X VASCO

Competição: Campeonato Carioca, 10ª rodada
Data: 18 de abril de 2021, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Local: Elcyr Resende, em Saquarema (RJ)
Árbitro: Tarcizo Pinheiro Caetano
Assistentes: Diego Luiz Couto Barcelos e Gabriel Bernardo Duarte

Boavista: Klever; Caio Felipe, Pedroso, Elivelton e Jean; Erick Flores, Jucilei e Ralph; Feijão, Douglas e Renan. Técnico: Fernandão

Vasco: Lucão (Vanderei), Léo Matos, Ernando, Leandro Castan e Zeca; Andrey e Galarza; Morato, Marquinhos Gabriel e Gabriel Pec; Cano. Técnico: Marcelo Cabo

Vasco