PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Arnaldo: Conclusão no Palmeiras após as derrotas é que precisa contratar

Do UOL, em São Paulo

16/04/2021 16h44

Em uma semana o Palmeiras perdeu nos pênaltis as taças da Supercopa do Brasil, para o Flamengo, e da Recopa Sul-Americana para o Defensa y Justicia, com o time voltando a receber críticas por sua atuação diante da equipe argentina. Ao mesmo tempo, o clube negocia a contratação do atacante argentino Valentin Castellanos, além de estar no aguardo em relação a Dudu, emprestado ao Al-Duhail, do Qatar, mas que não foi inscrito na fase de grupos da Liga dos Campeões da Ásia.

No podcast Posse de Bola #117, Arnaldo Ribeiro afirma que as perdas das duas taças disputadas deixam sequelas no Palmeiras e que isto se demonstra no aumento da oferta pelo atacante argentino do New York City, considerando a necessidade de um jogador decisivo no elenco.

"Eu vejo quando boa parte da mídia que cobre o Palmeiras ou boa parte do torcedor do Palmeiras que fala que essas taças são irrelevantes, as disputas, mas ou menos como falavam em relação ao Mundial, é cascata. Elas deixam feridas, essas três derrotas do Palmeiras no Mundial, na Supercopa e na Recopa, deixam sequelas sim. Sabe qual é o resultado dessas três derrotas atualmente? Existe a conclusão de que o Palmeiras precisa contratar jogadores acima da média, que o Palmeiras não tem jogadores acima da média e o Palmeiras vai ao mercado", diz Arnaldo.

"Vai ao mercado, já está aumentando proposta para jogar da liga norte-americana, já está considerando a volta do Dudu, porque a conclusão é que o Palmeiras não tem jogador que desequilibre jogos que o Flamengo tem e poucos têm. O Palmeiras vai mudar porque perdeu e assim é o futebol, não adianta, uma coisa é a gente analisar como torcedor, a outra coisa é a gente perder de vista o que o entorno do futebol, incluindo o torcedor, provoca em um time de futebol, e as derrotas provocam mudanças", completa.

O jornalista afirma que derrotas como as do Palmeiras na semana também provocam mudanças, o que não quer dizer no comando técnico, mas em relação à conclusão de que o elenco precisa ser reforçado.

"As mudanças não são naturalmente ou não necessariamente troca de treinador, o Palmeiras vai contratar porque perdeu, porque perdeu do Tigres, porque perdeu do Flamengo e porque perdeu do Defensa y Justicia, e sem jogar bem, só jogou bem o segundo tempo contra o Flamengo. Dá para contar nos dedos as partidas boas do Palmeiras do Abel", diz Arnaldo.

"O Palmeiras não tem essa discussão ainda em relação ao Abel, a conclusão é: o Palmeiras não tem jogadores decisivos, só tem o goleiro e quando eu falei isso, quase fui linchado, o Palmeiras tem um jogador decisivo, o goleiro, que não foi bem contra o Defensa y Justicia, falhou em uma bola, foi para a prorrogação e foi para os pênaltis", completa.

Arnaldo acredita que um possível retorno de Dudu pode suprir a falta de um jogador decisivo, dado que o atacante exerceu esta função no período em que atuou pelo clube, entre 2015 e 2020.

"O Dudu não tem talvez o poder de decisão do Gabigol, mas se representou para o Palmeiras nos últimos anos o jogador diferente. O Palmeiras tem vários jogadores bons, mas não tem um jogador diferente, essa é a conclusão que os caras estão lá reunidos hoje na Academia, não estão pensando no jogo contra o São Paulo pelo Paulista, que não interessa ao Palmeiras, estão pensando na Libertadores para inscrever jogador para a Libertadores", afirma o jornalista.

"Estão preocupados, a fase de grupos tem o Defensa y Justicia de novo e tem o Independiente Del Valle, que eliminou o Grêmio, e o Palmeiras não é ainda uma equipe confiável, mesmo com dois troféus maravilhosos em casa, a Copa do Brasil e a Libertadores, não é", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol