PUBLICIDADE
Topo

Futebol

'Identificamos quem o estava prejudicando', diz advogado de Morro García

Santiago Morro García comemora gol do Godoy Cruz pelo Campeonato Argentino - Marcelo Endelli/Getty Images
Santiago Morro García comemora gol do Godoy Cruz pelo Campeonato Argentino Imagem: Marcelo Endelli/Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

10/02/2021 15h40

Em uma recente entrevista para a Rádio Telam, do Uruguai, o advogado da família de Morro García, Gumer Pérez afirmou que as autoridades já estão trabalhando em investigação sobre a morte do jogador. Segundo o profissional, algumas pessoas 'responsáveis' pela situação já foram identificadas.

"A família já identificou quem o estava prejudicando, mas são necessários testes e evidências. É para isso que serve o celular, que é como a caixa preta de um avião. A causa deve ser investigada minuciosamente, para saber se houve qualquer instigação ou ajuda ou algum elemento periférico que o levou a tomar essa decisão", explicou Pérez.

Morro García foi encontrado morto no último sábado em sua casa, em Mendoza, na Argentina. Os resultados da autópsia e da perícia constatou que não houve intervenção de terceiros. De acordo com os exames, o atleta estava morto desde a última quinta-feira.

A morte do jogador, que deixou uma filha de seis anos, causou um grande alvoroço. Após o pronunciamento de sua mãe, que lamentou o ocorrido, diversos jogadores do futebol uruguaio fizeram um vídeo pedindo para que os torcedores tivessem mais empatia e pressionassem menos os profissionais por conta de resultados.

Futebol