PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Renato Gaúcho lamenta morte de Morro García: "Estou surpreso e triste"

Santiago Morro García foi encontrado morto na Argentina neste sábado (6) - Marcelo Endelli/Getty Images
Santiago Morro García foi encontrado morto na Argentina neste sábado (6) Imagem: Marcelo Endelli/Getty Images

Talyta Vespa

Do UOL, em São Paulo

06/02/2021 16h28

O uruguaio Santiago García, conhecido pelo apelido de Morro García, foi encontrado morto na manhã de hoje na Argentina. O atacante tinha 30 anos e, no Brasil, ficou conhecido pela curta passagem pelo Athletico-PR, em 2011. García foi a contratação mais cara do time brasileiro, que pagou R$ 7 milhões ao Nacional, do Uruguai, à época.

No clube paranaense, o atacante ficou sob a tutela do técnico Renato Gaúcho, que, em breve conversa com o UOL Esporte, afirmou estar "muito surpreso e triste" com a notícia.

Segundo informações da imprensa argentina, Morro García —que, atualmente, jogava pelo argentino Godoy Cruz—, passava por tratamento psiquiátrico e estava com depressão. A polícia trata o caso como suicídio. "É ainda mais triste por ter sido da maneira que foi", continua Gaúcho. O treinador do Grêmio está no Rio de Janeiro para a partida entre o time e o Botafogo, que vai acontecer na segunda-feira (8), no Engenhão.

Gaúcho relembra o tempo de trabalho ao lado de García e descreve o período como "muito produtivo"; o técnico diz, ainda, que era "muito fácil trabalhar com ele". "Ele sempre foi um menino muito bom, trabalhador, tinha talento. Nosso relacionamento era dentro de campo e nos treinamentos. Sempre foi um menino muito dedicado".

A fase no Athletico-PR não foi das mais fáceis para o atacante. Apesar da boa relação com o treinador, García não conquistou a confiança do técnico —e teve pouco espaço para atuar junto ao time.

Gaúcho explica, entretanto, que todo jogador "passa por fases difíceis ao longo da carreira. Isso é normal no futebol. Não tenho arrependimentos [no trato com ele]. Meu relacionamento com ele sempre foi muito tranquilo e franco".

O Athletico-PR se pronunciou no Twitter a respeito da notícia da morte do atacante: "O Athletico Paranaense presta condolências a todos os amigos e familiares de Morro García. Desejamos forças neste momento difícil".

O CVV funciona 24 horas por dia (inclusive aos feriados) pelo telefone 188, e também atende por e-mail, chat e pessoalmente. São mais de 120 postos de atendimento em todo o Brasil.

Futebol