PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Victor estende contrato com o Atlético-MG e celebra com foto na rede social

Chamado de "santo" pela torcida do Galo, goleiro estica contrato até fevereiro de 2021 - Reprodução
Chamado de "santo" pela torcida do Galo, goleiro estica contrato até fevereiro de 2021 Imagem: Reprodução

Do UOL, em Belo Horizonte

28/11/2020 22h20

Classificação e Jogos

O goleiro Victor, ídolo da torcida atleticana, celebrou com uma postagem nas redes sociais a extensão de seu vínculo contratual por mais dois meses no Atlético-MG.

"Alô Massa! Estaremos juntos até o final do Brasileiro! Aqui é Galo", escreveu em seu instagram.

A comemoração pelo novo acordo veio acompanhada de uma foto no momento da assinatura do contrato. A publicação foi feita hoje (28).

O presidente do Galo, Sérgio Sette Câmara, havia adiantado há mais de uma semana — no dia em que concedeu coletiva para fazer um balanço de sua governança no clube —, que, além de Victor, o atacante Diego Tardelli também teria o seu vínculo ampliado. O contrato de ambos venceria em dezembro deste ano.

Como a pandemia da covid-19 interrompeu o calendário do futebol no país, o Campeonato Brasileiro e demais competições "invadirão" o começo de 2021. Por isso é que a diretoria precisou garantir mais tempo da dupla no clube. O novo acordo será válido até o fim de fevereiro do ano que vem.

Tardelli já teve o seu novo contrato publicado no Boletim Informativo Diário (BID), da Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Caberá ao novo presidente, Sérgio Coelho, que será aclamado como novo gestor do Atlético-MG em eleição marcada para o dia 11 de dezembro, definir o futuro dos dois ídolos recentes da torcida.

Victor perdeu a condição de titular do Atlético-MG após lesão no joelho sofrida em 2019. Cleiton, que foi vendido ao Red Bull Bragantino, ocupou o posto por um tempo.

Com a chegada de Jorge Sampaoli, hoje "São Victor" é a terceira opção no elenco. Inicialmente, Rafael foi utilizado pelo treinador argentino, que depois deu a titularidade a Everson, arqueiro que teve contratação recomendada pelo técnico.

Apesar de não ser mais o protagonista em campo, Victor nunca perdeu a idolatria com o torcedor alvinegro. Contratado em 2012, o goleiro se tornou uma das grandes referências, principalmente por papel muito destacado na conquista da Copa Libertadores de 2013, quando defendeu pênalti de Riascos, na partida contra o Tijuana (MEX), e entrou para a história do clube.

Afastado por ter testado positivo para covid-19, Victor retomou às atividades na Cidade do Galo na última sexta-feira (27), após dez dias de quarentena.

Futebol