PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Após rejeição e polêmicas, Atlético-MG encontra Thiago Neves pela 1ª vez

Thiago Neves, meia do Sport, foi pedido por Sampaoli, mas torcida atleticana rejeitou - Divulgação
Thiago Neves, meia do Sport, foi pedido por Sampaoli, mas torcida atleticana rejeitou Imagem: Divulgação

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

24/10/2020 04h00

Classificação e Jogos

A partida entre Atlético-MG e Sport seria apenas mais um jogo pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Seria, É que o confronto de hoje (24), às 21h, no Mineirão, colocará frente a frente pela primeira vez, depois de grande polêmica, o Galo e Thiago Neves, meia do time pernambucano.

O jogador é um desafeto dos torcedores alvinegros desde seu tempo de Cruzeiro e ganhou ainda mais desprezo em setembro, depois da grande rejeição nos primeiros indícios de que a diretoria atleticana chegou a fechar acordo para contar com o atleta, que recém havia deixado o Grêmio.

Houve mobilização na porta da sede alvinegra no bairro de Lourdes, em Belo Horizonte, contra a eventual chegada do jogador. Nas redes sociais, o apelo contrário à contratação do meia também foi grande. E no fim das contas, o que estava muito bem encaminhado, foi "por água abaixo" por enorme apelo popular.

A desistência por parte do Atlético-MG gerou um imbróglio entre o staff de Neves e o próprio clube. Tanto que os advogados do jogador citaram o clube em uma notificação extrajudicial com a indicação de que haveria cobrança de R$ 20 milhões por quebra de acordo prévio.

"Deixa ele vir, deixa ele entrar com a ação. Mas pede os R$ 20 milhões. Até mais, se ele achar que tem que pedir. Mas vem preparado, porque a chance dele vir pagar honorários aos nossos advogados, na minha opinião, como advogado que sou, é enorme", disse o presidente Sérgio Sette Câmara, à Rádio Itatiaia, em 21 de setembro passado.

Confusão em azul, preto e branco

Polêmico, Thiago Neves conseguiu o que poucos alcançaram: unir na mesma causa atleticanos e cruzeirenses. É que tanto o lado azul quanto o alvinegro de Belo Horizonte tomaram um enorme "ranço" do camisa 10.

Em 2019, ano de rebaixamento do Cruzeiro à Série B, o jogador foi o estopim de grandes polêmicas. Além do diálogo "Fala, Zezé", que se tornou um dos memes mais populares na última temporada quando o atleta cobrou salários atrasados na Raposa, o camisa 10 se envolveu em inúmeros casos complicados extracampo. E antes disso zombou e tripudiou do Atlético-MG em diversos momentos quando jogador celeste.

O vídeo do "Tá titi [triste]? Fifa titi, não", após um título Mineiro, e outras provocações com termos desrespeitosos, irritaram os atleticanos.

Além do reencontro com Thiago Neves, o Atlético-MG tenta voltar neste sábado ao caminho das vitórias, uma vez que perdeu na rodada passada do Brasileirão para o Bahia e empatou com o Fluminense, em casa, no jogo anterior. O time de Jorge Sampaoli ocupa a terceira colocação, com 31 pontos, três a menos que o líder Internacional e o vice Flamengo, que se enfrentam amanhã (25), em Porto Alegre.

FICHA TÉCNICA:

ATLÉTICO-MG x SPORT

Motivo: 18ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Estádio Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 24 de outubro de 2020 (sábado)
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Paulo Roberto Alves Júnior (SC)
Auxiliares: Rafael Trombeta e Victor Hugo Imazu (ambos do PR)
VAR: Héber Roberto Lopes (SC).

ATLÉTICO-MG: Everson; Guga, Alonso, Réver, Arana, Jair (Allan), Alan Franco (Zaracho) Nathan, Savarino, Keno e Sasha. Técnico: Jorge Sampaoli

SPORT: Luan Polli, Patric, Adryelson, Chico e Luciano; Ronaldo, Ricardinho, Mugni e Thiago Neves; Marquinhos e Leandro Barcia (Hernane). Técnico: Jair Ventura.

Atlético-MG