PUBLICIDADE
Topo

Futebol

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

"Soberba será punida". Surras de 7 e 5 levadas por Klopp e Guardiola chocam

Liverpool de Roberto Firmino foi goleado por 7 a 2 pelo Aston Villa no Campeonato Inglês - Peter Powell - Pool/Getty Images
Liverpool de Roberto Firmino foi goleado por 7 a 2 pelo Aston Villa no Campeonato Inglês Imagem: Peter Powell - Pool/Getty Images

Do UOL, em Santos (SP)

06/10/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Grandes da Europa, como o Liverpool, acabaram goleados nos últimos dias
  • Que lição essas goleadas trazem ao futebol? Colunistas do UOL analisaram
  • Juca Kfouri: "Que acidentes acontecem, que a soberba será sempre punida"
  • Perrone: "mesmo os times mais fortes e ricos precisam evoluir rapidamente"
  • Rafael Reis: "É preciso sempre buscar novas movimentações e soluções táticas"
Classificação e Jogos

O futebol europeu se viu em meio a resultados inesperados nos últimos dias. Na Premier League, o Manchester City de Pep Guardiola perdeu por 5 a 2 para o Leicester City, no penúltimo fim de semana, enquanto o Liverpool de Jurgen Klopp levou 7 a 2 do Aston Villa, domingo (4). Já na Alemanha, o atual campeão da Liga dos Campeões, Bayern de Munique, foi goleado por 4 a 1 pelo Hoffenheim na semana passada, pela Copa do Alemanha.

Mesmo com melhores elencos e equipes comandadas há mais tempo pelos mesmos técnicos (especialmente nos casos de Guardiola e Klopp), os badalados times europeus acabaram surpreendidos por rivais menores.

Aproveitando essa onda de resultados inesperados, fizemos a seguinte pergunta aos colunistas do UOL Esporte: Que tipo de lição as goleadas sofridas por Manchester City, Liverpool e Bayern de Munique podem trazer ao futebol? Confira:

ANDRÉ ROCHA

Nenhum time pode mais baixar intensidade. Nem o Bayern da Tríplice Coroa, que levou quatro do Hoffenheim. Não há mais "jogo-treino".

Ainda mais com o domínio midiático dos clubes mais poderosos. Quando o Aston Villa seria notícia no mundo todo? Os jogadores sabem disso, já entram mais concentrados contra os favoritos e, se notam a facilidade, não perdoam mesmo.

Leia o blog do André Rocha.

ANDREI KAMPFF

Só o futebol tem essa infinita capacidade de contrariar a lógica. O que aconteceu foram acidentes típicos de percurso, desse esporte tão fascinante por conta dessa imprevisibilidade.

Leia o blog Lei em Campo.

JUCA KFOURI

Que acidentes acontecem, que a soberba será sempre punida, que times organizados podem ir longe mesmo sem grandes talentos e que o mundo anda mesmo incompreensível...

Leia o blog do Juca.

MARCEL RIZZO

Que 2020, com tudo que está acontecendo por causa da pandemia, é um ano bem atípico para todos os setores, inclusive para o futebol.

Leia o blog do Marcel Rizzo.

MENON

Acho que os resultados são um aviso para quem ama o esporte: o futebol é traiçoeiro. Também são um lembrete: não vamos fazer paralelos entre derrotas constrangedoras dos melhores técnicos do mundo com a comédia dos 7 x 1 na Copa de 14.

Leia o blog do Menon.

PERRONE

A principal lição é que mesmo os times mais fortes e ricos precisam evoluir rapidamente porque seus rivais farão isso. A quantidade de ferramentas disponíveis para as comissões técnicas analisarem o desempenho de seus jogadores e dos oponentes faz com que seja possível evoluir mais rapidamente em relação ao passado. Consequentemente, a diferença entre as equipes tende a diminuir. As surpreendentes goleadas também mostram a importância de os treinadores estudarem exaustivamente seus adversários.

Leia o blog do Perrone.

RAFAEL REIS

São duas lições principais. A primeira é que todo time, por melhor que seja, passa por turbulências e tem dias (ou semanas/meses) em que nada dá certo. A segunda é a necessidade de reinvenção constante. Poucas equipes do planeta foram tão estudadas ao longo dos últimos meses quanto Liverpool e Manchester City. Por terem o mesmo técnico há muito tempo, elas correm risco de se tornar previsíveis para adversários mais atentos. Por isso, Klopp e Guardiola não podem se acomodar com o sucesso. É preciso sempre buscar novas movimentações e soluções táticas para surpreender rivais. Sem isso, o risco desses desastres vistos nas últimas semanas só aumenta.

Leia o blog do Rafael Reis.

RODOLFO RODRIGUES

Aparentemente, Liverpool e City foram goleados por times pequenos, de menor expressão. Mas o cenário não é bem esse. O Leicester tem um bom time há muito tempo e vem realizando boas campanhas. O Aston Villa está 100% no Premier League. O Campeonato Inglês dessa temporada está fugindo à regra com um número impressionante de gols (3,79), o maior nos últimos 90 anos. Não há retranca, e as equipes buscam o gol o tempo todo. Acredito e torço para que essa seja uma tendência mesmo. Na Alemanha vem acontecendo o mesmo desde a última temporada. Temos o exemplo ainda da Atalanta, que segue goleando no Italiano. O PSG também. Times que fazem muitos gols, acabam levando bastante gol também. E para o futebol isso é ótimo.

Leia o blog do Rodolfo Rodrigues.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol