PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Grêmio antecipa pagamento de salários que foram cortados durante a pandemia

Grêmio anunciou que vai antecipar o pagamento de salários que foram cortados durante a pandemia do coronavírus - Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Grêmio anunciou que vai antecipar o pagamento de salários que foram cortados durante a pandemia do coronavírus Imagem: Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Do UOL, em São Paulo

18/09/2020 20h21

O Grêmio anunciou hoje que vai antecipar neste mês o pagamento de salários que foram cortados durante a pandemia do novo coronavírus.

Em comunicado, o clube afirmou que "haverá a quitação integral dos valores relativos ao diferimento de 15% dos salários de maio, junho e julho, além dos direitos de imagem do mês de agosto" dos jogadores e membros da comissão técnica.

O Grêmio havia chegado a um acordo com os atletas e funcionários para que os pagamentos fossem feitos de janeiro de 2021 a dezembro de 2022. Porém, agora antecipou o pagamento para setembro.

"Alinhado aos compromissos de transparência e de responsabilidade praticados pelo Conselho de Administração, o Grêmio informa também que neste mês de setembro, de forma antecipada, haverá a quitação integral dos valores relativos ao diferimento de 15% dos salários de maio, junho e julho, além dos direitos de imagem do mês de agosto, de atletas profissionais e comissão técnica, conforme acordo realizado durante o período de pandemia, cujos pagamentos estavam originalmente previstos e pactuados para ocorrer de janeiro de 2021 a dezembro de 2022", disse o clube, em comunicado.

Grêmio