PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Neymar é muito mais celebridade do que ídolo, diz Neto

Neto diz não será ídolo dos brasileiros quando parar de jogar futebol - Reprodução/Gazeta
Neto diz não será ídolo dos brasileiros quando parar de jogar futebol Imagem: Reprodução/Gazeta

Colaboração para o UOL, em São Paulo

13/09/2020 23h01

Crítico de Neymar, Neto acredita que o jogador não será um ídolo nacional quando pendurar as chuteiras. Convidado do "Mesa Redonda", da Gazeta, o apresentador da Bandeirantes afirmou que o craque do Paris Saint-Germain é uma celebridade.

"Acho que o Neymar, quando parar de jogar futebol, nunca vai ser um jogador que todos nós teremos como ídolo. Eu não tenho o Neymar como ídolo. Os meus filhos não têm o Neymar como ídolo. Eu não vejo as pessoas terem o Neymar como ídolo. Eu acho que ele é muito mais celebridade do que ídolo. Ídolo, para mim, é Romário, Zico, Rivellino, Rivaldo, Ronaldo, Cafu", opinou Neto.

O ex-jogador também criticou a campanha da Puma, nova patrocinadora do camisa 10. Para Neto, Neymar foi tratado como um rei, posto ocupado apenas por Pelé e pelo cantor Roberto Carlos.

"Quando vem a Puma e faz uma propaganda com ele, achando que ele é o rei, me desculpa, mas a Puma está redondamente enganada. Ele não é o rei. Aqui nesse país só têm dois reis: Roberto Carlos e Pelé", completou.

UOL Esporte vê TV