PUBLICIDADE
Topo

Futebol

"Luxemburgo vai viver daqui a pouco com a sombra do Sampaoli", diz Arnaldo

Do UOL, em São Paulo

14/08/2020 16h52

Após a conquista do título paulista com o Palmeiras no último sábado, o técnico Vanderlei Luxemburgo voltou a falar sobre Jorge Jesus, dizendo que o futebol brasileiro não teria que mudar porque o português ganhou a Libertadores. No podcast Posse de Bola #47, Arnaldo Ribeiro alerta ao treinador palmeirense que o seu parâmetro agora é outro, o argentino Jorge Sampaoli.

O jornalista lembra que Sampaoli era a primeira opção do Palmeiras antes da contratação de Luxemburgo e tem conseguido êxito na forma de jogar do Atlético-MG com menos tempo de trabalho, inclusive contando no seu time com Hyoran, que pertence ao clube paulista, que tem jogadores de funções parecidas que não estão rendendo em campo.

"Luxa não tem mais o Jesus, mas o parâmetro do Luxemburgo é o Sampaoli. O Sampaoli era a primeira opção antes do Luxemburgo. O Sampaoli faz com o Hyoran o que o Luxa não faz com Scarpa, Lima, Veiga, e o Hyoran é do Palmeiras e está lá com o Sampaoli, acabou de meter dois gols", diz Arnaldo.

Na análise do colunista do UOL, o técnico do Palmeiras precisa esquecer Jesus e passar a se preocupar com o que o Atlético-MG tem conseguido fazer sob o comando de Sampaoli. Arnaldo diz ainda que, mesmo com acertos como Felipe Melo como zagueiro e os jovens Patrick de Paula e Gabriel Menino no meio de campo, falta a Luxemburgo fazer o ataque passar a funcionar.

"O parâmetro do Luxemburgo vai ser o Galo do Sampaoli, que era a primeira opção, não é o Flamengo do Jesus. O Flamengo do Jesus não tem mais, é outro Flamengo. Então o Luxemburgo vai viver daqui a pouco com a sombra do Sampaoli, que era a primeira opção do Palmeiras no lugar dele com o elenco inferior ao dele, o Galo, mesmo contratando bastante", diz Arnaldo.

"Tudo que o Galo fizer e o Palmeiras não fizer, vai ser parâmetro. Ainda mais que o Sampaoli chegou depois. Essa vai ser a comparação, Luxemburgo, como a gente falou, Felipe Melo na zaga, acerto, dois moleques no meio de campo, acerto. Do meio para a frente, nada ainda. Nada ainda, e o Sampaoli em menos tempo e com menos jogadores está conseguindo", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol