PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras desiste de Sampaoli, e espanhol vira nome forte para assumir time

Jorge Sampaoli deixou o Santos depois de comandar a equipe alvinegra por toda a temporada 2019 - Ivan Storti/Santos FC
Jorge Sampaoli deixou o Santos depois de comandar a equipe alvinegra por toda a temporada 2019 Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Danilo Lavieri

Do UOL, em São Paulo

14/12/2019 16h30

O Palmeiras desistiu da contratação do técnico Jorge Sampaoli. O clube alviverde comunicou na tarde de hoje (14) que não chegou a um acordo financeiro com o argentino e, por isso, a negociação está encerrada.

Sem o acerto com o ex-técnico do Santos, o clube paulista agora busca a contratação do espanhol Miguel Ángel Ramírez, que levou o Independiente del Valle, do Equador, ao título da Copa Sul-Americana em novembro passado, depois de derrotar o Corinthians na semifinal.

Na avaliação da diretoria alviverde, Ramírez tem um estilo ofensivo que o clube busca para a temporada 2020. Aos 35 anos, ele é tratado como prioridade, mesmo com o receio por parte do Palmeiras com a sua inexperiência. A diretoria acredita, no entanto, que Athletico-PR e Santos também irão buscar a contratação do espanhol.

O plano B do Palmeiras é o técnico Vanderlei Luxemburgo, que deixou o Vasco após término do contrato com o clube carioca. O Palmeiras vê o Atlético-MG como um concorrente.

A busca do clube paulista por Sampaoli se intensificou na última quinta-feira (12), com uma reunião em um hotel do Rio de Janeiro. Na ocasião, o presidente Maurício Galiotte e o novo diretor de futebol, Anderson Barros, apresentaram um contraproposta à pedida do argentino.

Os dirigentes ainda ofereceram um conceito que tem sido chamado internamente de "bônus executivo". Com a ideia de agilizar o planejamento para a temporada que vem, o Palmeiras deu o prazo até hoje para Sampaoli tomar uma decisão ou responder à contraproposta apresentada a ele na última quinta.

A reapresentação do elenco do Palmeiras acontecerá daqui a pouco mais de três semanas. O time busca reencontrar o caminho de títulos em 2020.

Depois de vencer o Brasileirão 2018, os palmeirenses passaram em branco na atual temporada, marcada pelas demissões de Luiz Felipe Scolari e Mano Menezes, em setembro e dezembro, respectivamente.

Palmeiras