PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV

Parece que o Luan não sabe o que é o Corinthians, diz comentarista da FOX

Mano, comentarista do Fox Sports, diz que Luan não se encaixa no Corinthians - Divulgação
Mano, comentarista do Fox Sports, diz que Luan não se encaixa no Corinthians Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

11/08/2020 11h20Atualizada em 11/08/2020 13h16

O comentarista Mano afirmou hoje que o meia-atacante Luan "não casa" com o estilo do Corinthians. O jogador foi alvo de protesto da torcida na reapresentação do Alvinegro após a perda do título paulista para o Palmeiras.

Presente no Bom Dia Fox de hoje, Mano disse estar cansado de ouvir desculpas sobre o mau desempenho do camisa 7, que chegou ao Alvinegro no início deste ano. Para o comentarista, Luan aparenta não gostar de jogar futebol, além de não ter o perfil do time de Parque São Jorge.

"Eu estou de saco cheio de ouvir sempre uma desculpa do porquê do Luan não estar jogando bem. Sempre tem uma desculpa para defender o péssimo futebol dele. O Luan é um jogador que, quando quer, sabe jogar bola, mas a impressão que dá é que ele não gosta. O estilo dele não casa com o do Corinthians. Parece que o Luan não sabe o que é o Corinthians. Ele pisa demais na bola, cadencia muito o jogo, é lento. (...) O Luan poderia jogar muito mais do que joga. Ele não tem o perfil do Corinthians, não sabe o que é o Corinthians", disse Mano.

Em relação ao sucesso do jogador no Grêmio - onde conquistou a Libertadores de 2017 e foi eleito o Rei da América -, o comentarista afirmou que Luan era "extremamente dependente" de Arthur, hoje jogador da Juventus.

"O Luan me lembra uma segunda-feira de manhã, é uma preguiça danada. 'O Luan, em 2017, era uma referência técnica para o Grêmio', mas, convenhamos, parou ali. O Luan era um cara extremamente dependente do Arthur", afirmou.

Apesar dos questionamentos, tanto a diretoria quanto a comissão técnica do clube dizem manter a confiança no jogador. A cúpula alvinegra não aprova manifestações contra o camisa 7 e, inclusive, alega internamente que a faixa foi colocada por apenas dois torcedores.

UOL Esporte vê TV