PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Por que Corinthians espanta pressão e mantém confiança em Luan

Luan, meia-atacante do Corinthians, sofre pressão de alguns torcedores por não bater pênalti contra o Palmeiras - Rodrigo Coca
Luan, meia-atacante do Corinthians, sofre pressão de alguns torcedores por não bater pênalti contra o Palmeiras Imagem: Rodrigo Coca

Samir Carvalho

Do UOL, em São Paulo (SP)

11/08/2020 04h00

Apesar de protestos de alguns torcedores nas redes sociais e até com faixa no CT Joaquim Grava, o meia-atacante Luan segue prestigiado no Corinthians. Diretoria e comissão técnica, incluindo Tiago Nunes, mantêm a confiança no jogador. A cúpula alvinegra não aprova manifestações contra o camisa 7 e, inclusive, alega internamente que a faixa foi colocada por apenas dois torcedores.

Na visão deles, a torcida no geral apoia Luan e o quer no time titular. Segundo apurou o UOL Esporte, a diretoria utiliza exemplos antigos nos bastidores para blindar a principal contratação do Alvinegro em 2020 ao lado de Jô.

A cúpula alvinegra lembra que o meia Danilo demorou um ano até engrenar com a camisa do Corinthians. Além dele, o volante Paulinho também precisou de seis meses e o zagueiro Felipe até dois anos. Esses são os principais exemplos para que eles continuem acreditando em Luan.

Até um exemplo ruim para o Corinthians historicamente foi utilizado: caso do meia Éverton Ribeiro. O meia do Flamengo foi revelado como lateral esquerdo no Parque São Jorge e chegou a ser utilizado como meia também, mas a falta de paciência o fizeram deixar o clube paulista.

Os profissionais do Corinthians sabem que Luan pode render mais, porém ninguém concorda e aceita que o jogador se esconde em campo. Aliás, há quem diga que as melhores atuações do camisa 7 ocorreram em jogos decisivos: contra o Guaraní, do Paraguai, pela Pré-Libertadores, e Palmeiras, pelo Paulistão.

Luan continua como titular

Luan agrada bastante o técnico Tiago Nunes e, por isso, continuará como titular. A reportagem apurou que a comissão técnica sequer cogita sacar o jogador do time. O meia-atacante só não jogará contra o Atlético-MG, amanhã (12), às 19h15 (de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro, se não estiver 100% fisicamente.

Ontem (10), Luan ficou na fisioterapia fazendo tratamento por conta de dores no tornozelo. O camisa 7 deixou a final do Paulista bastante desgastado e até com o joelho sagrando. Caso ele não tenha condições de jogo, Tiago Nunes deve escalar Araos ou Everaldo. Se escolher a segunda opção, Mateus Vital será deslocado para atuar centralizado no meio.

Futebol