PUBLICIDADE
Topo

Ataque "embaçado" do Santos tem 75% de aproveitamento e deve voltar ao time

Marinho e Soteldo comemoram gol do Santos na Vila Belmiro - Ivan Storti/Santos FC
Marinho e Soteldo comemoram gol do Santos na Vila Belmiro Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

16/07/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Trio Marinho, Soteldo e Eduardo Sasha esteve junto por 11 vezes no ano passado
  • Em 2020, a convocação de Soteldo e a lesão de Marinho impediu que o ataque fosse utilizado por Jesualdo
  • Recuperado de lesão, Marinho acredita que o "ataque embaçado" voltará com força total após a paralisação
  • Com o trio como titular do ataque, o Peixe teve 77% de aproveitamento em 2019

Marinho pela direita, Soteldo pela esquerda e Eduardo Sasha no comando de ataque. Foi com essa configuração ofensiva que o Santos fez suas melhores partidas na última temporada. Em 2020, o trio ainda não conseguiu atuar junto, mas deve estar à disposição do técnico Jesualdo Ferreira no retorno do Paulistão após a paralisação do futebol.

Foram 11 jogos do trio na última temporada: oito vitórias, um empate e somente duas derrotas, com 25 pontos conquistados dos 33 possíveis, um aproveitamento de 75%.

"Ano passado, nós três fizemos grandes apresentações e conseguimos ajudar bastante a equipe. Ainda não conseguimos jogar juntos em 2020, já que o Soteldo estava com a seleção da Venezuela no início do ano e, quando voltou, eu já tinha machucado. Tenho certeza que, estando todos 100%, vamos voltar muito fortes quando os jogos começarem. Tá ligado que esse ataque é embaçado, né?", brincou Marinho.

O camisa 11 fraturou o pé esquerdo logo na estreia pelo Paulistão e já estava fora de combate quando Soteldo retornou da convocação da seleção da Venezuela que disputou o torneio Pré-Olímpico.

Recuperado da lesão, Marinho já começava a retornar aos treinos pouco antes da paralisação devido à pandemia do novo coronavírus. O atacante afirma que está "tipo uma criança" nos treinos no CT Rei Pelé.

"Tive uma infelicidade muito grande de quebrar o pé logo no primeiro jogo do ano. E justamente quando estava próximo de voltar, aconteceu a parada. Mas já saí do clube em março praticamente recuperado, então, treinei bastante em casa para aprimorar a parte física e não sentir tanta diferença neste retorno aos treinos. Passou só uma semana, mas já estou tipo uma criança quando vê a bola rolando e já quer saindo correndo com ela. Mas sabemos que precisamos ir aos pouquinhos, pois ficamos muito tempo parados. Temos esse tempo para recuperar toda a condição e voltar como éramos antes", afirmou.

Juntos, Marinho, Soteldo e Sasha bateram Atlético-MG, Corinthians, Bahia, Botafogo, Avaí, Goiás, Cruzeiro e Flamengo, além de empatarem com o Fortaleza. As duas derrotas ocorreram diante do Flamengo, no Maracanã, e contra o Grêmio, na Vila Belmiro. No total, o trio foi responsável por 34 gols na temporada, equivalente a um terço dos gols anotados pelo time no ano.

Nesta temporada, o Santos lidera seus grupos, tanto no Paulistão quanto na Copa Libertadores da América. O próximo desafio santista é diante do Santo André, pelo Estadual.

Santos