PUBLICIDADE
Topo

O que trava e como Santos e Fortaleza tentam fechar negócio por Jean Mota

Jean Mota corre durante treino físico no CT do Santos - Ivan Storti/Santos FC
Jean Mota corre durante treino físico no CT do Santos Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Eder Traskini e Marcello de Vico

Colaboração para o UOL, em Santos

14/07/2020 04h00

Resumo da notícia

  • Conversas entre os clubes já estiveram adiantadas, mas travaram
  • Santos recusou dois modelos de propostas do Fortaleza
  • Peixe quer ao menos metade do dinheiro agora para liberar Jean Mota
  • Fortaleza encontra dificuldades para levantar o valor pedido pelos santistas

O meia Jean Mota chegou a estar próximo de deixar o Santos e voltar ao Fortaleza, mas a negociação esfriou nos últimos dias. Peixe e Leão não conseguiram chegar a um consenso entre valores e forma de pagamento, o que vem travando o negócio. Agora, o clube tricolor tenta diminuir a porcentagem de compra para tentar fechar a contratação.

O clube tricolor demonstrou interesse, como publicou a "Gazeta Esportiva", e se animou com as primeiras conversas. Os valores tratados estavam na casa dos R$ 3 milhões por uma negociação em definitivo, com a aquisição de 80% dos direitos econômicos do jogador, a totalidade do percentual que pertence ao Santos — o restante é dividido entre o próprio Fortaleza (12%) e o clube Pinheiros (8%).

O impasse está na forma de pagamento, o Peixe não abre mão de receber ao menos metade agora e até aceita parcelar até o fim de 2020, enquanto a segunda metade seria paga no ano que vem.

O Fortaleza, agora, acena com a possibilidade de adquirir 40% do jogador e pagar cerca de R$ 2,5 milhões. O problema ainda é a forma de pagamento: a intenção do Leão é pagar uma parcela menor agora e o restante em dezembro de 2021.

O Peixe passa por problemas financeiros e de fluxo de caixa para pagar os salários dos jogadores, que tiveram corte de 70% dos vencimentos em CLT durante a pandemia do novo coronavírus, além de até cinco meses de direito de imagem atrasados.

O Fortaleza tentou internamente levantar o valor pedido pelo Santos, mas esbarrou na dificuldade de fluxo de caixa também devido à pandemia. O Leão tenta parcelar o valor pedido pelo Peixe, mas ainda não chegou a um denominador comum. Ainda que mais distante do que já esteve, a negociação continua.

Craque do Paulistão no ano passado, Jean Mota não foi titular em nenhum jogo até aqui em 2020. Ele atuou pelo Fortaleza entre 2015 e 2016, quando se transferiu para o Santos, e seu retorno é bem visto pelo torcedor do clube tricolor.

Santos