PUBLICIDADE
Topo

Juca: "Falta de público deu uma igualada no Fluminense contra o Flamengo"

Do UOL, em São Paulo

13/07/2020 17h24

Classificação e Jogos

O Flamengo que antes da pandemia do novo coronavírus se apresentava muito superior aos principais rivais no Campeonato Carioca, viu o Fluminense emparelhar a disputa nos dois encontros que teve pela final da Taça Rio e do Campeonato Carioca, perdendo a primeira nos pênaltis e saindo vitorioso na outra, mas sofrendo com certa superioridade do rival em momentos do jogo.

No podcast Posse de Bola #41, o jornalista Juca Kfouri vê a possibilidade de a queda de rendimento do clube rubro-negro ter a ver não apenas com a indefinição em relação à permanência do técnico Jorge Jesus, mas também ao Maracanã vazio, sem a presença dos torcedores flamenguistas.

"O que me parece tem sido decisivo é a falta da 'Nação' no Maracanã. Eu tenho para mim que o time do Flamengo, como é um time de artistas, e o artista tem que estar onde o povo está, e o povo não está porque não pode, isso tem causado uma certa apatia no time, uma certa desmotivação. Não é achar que vai ganhar na hora que quer", afirma Juca (disponível no vídeo acima a partir de 4:35).

"Está faltando o fogo da 'Nação' para deixar o time do Flamengo mordedor, concentrado como era aquele time até que começasse essa coisa, infelizmente, da pandemia. Então eu tenho para mim isso, que a falta de público deu uma igualada, fez com que um time que é basicamente médio como o do Fluminense ficasse, na base da vontade, igual ao time do Flamengo", completa o jornalista.

Com a situação atual, Juca vê aberta a decisão entre Flamengo e Fluminense, que será jogada na quarta-feira, dado o comportamento que considera incomum do atual campeão brasileiro.

"Tenho dúvidas sobre o que vai acontecer quarta-feira, eu acho que é um jogo sem favorito. Não vai me surpreender se o Fluminense ganhar de 1 a 0 e levar para os pênaltis, qualquer resultado é possível. É aquilo que o Mauro já dizia antes mesmo da quarta-feira, respeite o Fla-Flu, tudo bem, mas está demais a apatia do time, nada justifica um time que voltou um mês antes do Fluminense só fazer-se valer do melhor preparo físico no final dos jogos. Tem alguma coisa esquisita e eu acho que o esquisito é isso, a ausência da torcida do Flamengo no Maracanã", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol