PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus: Camilo diz não ter medo de ser infectado durante uma partida

Camilo atuou pelo Mirassol antes da paralisação do futebol - Divulgação
Camilo atuou pelo Mirassol antes da paralisação do futebol Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/06/2020 20h16

Classificação e Jogos

O meio-campista Camilo, da Ponte Preta, afirmou não ter medo de ser infectado pelo coronavírus durante uma partida de futebol. O jogador acredita que os protocolos de segurança adotados pelos clubes são suficientes para que os atletas fiquem tranquilos dentro de campo.

"Não tenho medo de pegar covid-19 dentro de campo. Fora, a gente está sujeito, como todo mundo, mas acredito que o suporte que os clubes vão dar nas partidas vai ser suficiente para dar tranquilidade aos jogadores", declarou em entrevista ao Expediente Futebol, do Fox Sports, hoje.

Na opinião de Camilo, os jogadores precisam de, no mínimo, 20 dias de preparação para retornar ao futebol após os mais de três meses de paralisação das atividades por conta da pandemia do Coronavírus.

"Difícil voltar com uma semana de preparação depois desse tempo todo parado. A gente precisa de, pelo menos, 20 a 30 dias de preparação para voltar a jogar em alto nível", completou.

Camilo trocou de clube durante a paralisação do futebol. Nos primeiros meses do ano, o meio-campista defendeu o Mirassol, onde marcou cinco gols em oito jogos no Campeonato Paulista, ajudando o clube a ficar bem próximo de garantir a classificação para as quartas de final da competição.

A Ponte Preta, seu atual clube, vive situação complicada no estadual. O time campineiro tem a pior campanha do Paulistão, com sete pontos, a duas rodadas do fim da competição.

UOL Esporte vê TV