PUBLICIDADE
Topo

Neto detona Raí, Lugano e grupo Esporte pela Democracia: 'Querem aparecer'

Neto - Divulgação
Neto Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

05/06/2020 14h42

Para Neto, os ex-jogadores Raí e Lugano não tem competência para trabalhar no São Paulo. Analisando, durante o Os Donos da Bola de hoje, o balanço anual do Tricolor de 2019, o apresentador não poupou críticas à dupla. O clube paulista apresentou déficit de R$ 156 milhões.

"Se eu fosse mulher, Raí, eu casaria com você. Mas você, como dirigente, é ruim. Você é fraco. Lugano, você jogou muito. O que vocês dois estão fazendo com o São Paulo é o absurdo do absurdo. Não precisa ser ídolo para ser gerente de futebol, precisa ter competência, e vocês não têm", disparou Neto.

Sobrou até para o grupo Esporte pela Democracia que, além de Raí, conta com Walter Casagrande, Grafite, Ana Moser, Igor Julião e Joanna Maranhão.

"Aí você quer fazer o movimento democrático. Qual movimento democrático você quer fazer? Com quem você quer fazer? Só com os artistas? Você sabe quem joga no Mirassol, no Bahia, no Sport, no União São João? Por que vocês só fazem as coisas com gente famosa? Por que vocês só se ligam com gente rica? (...) Você, Casagrande, Ana Moser... Vocês querem aparecer. O que vocês fizeram de bem para o futebol? Dá licença. São sempre os mesmos", completou.

UOL Esporte vê TV