PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Grupo com Raí e Casão convoca atletas e ganha nome: Esporte pela Democracia

Grupo com Raí e Casão convoca atletas e ganha nome: Esporte pela Democracia - divulgação/Esporte pela Democracia
Grupo com Raí e Casão convoca atletas e ganha nome: Esporte pela Democracia Imagem: divulgação/Esporte pela Democracia

Do UOL, em São Paulo

02/06/2020 23h07

O grupo de atletas que inclui Raí, Walter Casagrande, Grafite, Ana Moser, Igor Julião e Joanna Maranhão já tem nome: "Esporte pela Democracia". A ex-jogadora de vôlei Ana Moser anunciou hoje o título do coletivo, assim como o manifesto do movimento, que convocou —sem citar nomes— outros esportistas a se engajarem.

"Nós, atletas, ex-atletas e profissionais ligados ao esporte, cidadãos brasileiros antes de tudo, afinados com o pensamento de diversas categorias e nos juntando às vozes que pactuam com a democracia, os direitos humanos e civis, respeito à vida e à diversidade, estamos aqui unidos em nome daquilo que sempre acreditamos e praticamos em nossas profissões e deve se estender sem restrições ao exercício cotidiano: o direito supremo à vida e a uma sociedade justa, igualitária e ANTIRRACISTA, o respeito das individualidades e o valor do coletivo em nome do bem-estar e da dignidade para todos", diz o texto.

"O sonho de todo atleta é representar o seu país. Estamos então aqui hoje para reconvocar a lucidez, diante da questão inadiável: que Brasil é esse que queremos trazer na camisa e chamar de nosso?", completa o manifesto.

O coletivo reúne atletas de diferentes modalidades e se reuniu pelo WhatsApp em nome da democracia. Entre os participantes do grupo, estão os ex-jogadores de futebol Raí, Casagrande e Grafite e a ex-nadadora Joanna Maranhão. Outros participantes ainda decidem se querem se envolver publicamente com a pauta.

O movimento surgiu depois que, no final de semana, setores da sociedade também apresentaram demandas conjuntas. O #Juntos reuniu artistas, intelectuais, jornalistas, advogados, etc, mas apenas três ex-atletas assinaram o manifesto: Raí, Tostão e Casagrande. Também no final de semana, advogados lançaram o movimento #Basta.

Sentindo carência de uma organização em torno de pautas democráticas, atletas que costumam se posicionar nas redes sociais decidiram se reunir e tentar se organizar. Também fazem parte desse movimento inicial as ex-jogadoras de vôlei Ana Moser, Fabi, Isabel e Fernanda Garay, além do jogador de futebol Igor Julião.

Esporte