PUBLICIDADE
Topo

Goiás faz contraproposta para liberar Léo Sena ao Atlético-MG

Léo Sena, volante do Goiás, está na mira do Atlético-MG no mercado da bola - Rosiron Rodrigues/ Goiás Esporte Clube
Léo Sena, volante do Goiás, está na mira do Atlético-MG no mercado da bola Imagem: Rosiron Rodrigues/ Goiás Esporte Clube

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

22/05/2020 04h00

Resumo da notícia

  • O Goiás respondeu à proposta do Atlético-MG e fez alguns ajustes para liberar Léo Sena
  • O Galo ofereceu R$ 4 milhões por 80% dos direitos econômicos do jogador. Os goianos aprovam o valor proporcional
  • Contudo, não pretendem seguir com um percentual do atleta e pedem que a negociação contemple os 20% restantes
  • Isso implicaria em uma proposta de R$ 5 milhões pela totalidade dos direitos do atleta

O Goiás respondeu à proposta do Atlético-MG, apresentada na última semana, e fez alguns ajustes para liberar Léo Sena no mercado da bola. O Galo ofereceu R$ 4 milhões por 80% dos direitos econômicos do meia. Os goianos aprovam o valor proporcional. Contudo, não pretendem seguir com um percentual do atleta e pedem que a negociação contemple os 20% restantes. Isso implicaria em uma proposta de R$ 5 milhões pela totalidade dos direitos do atleta.

Em que pese a dificuldade para chegar a um acordo com o Goiás, o Atlético já tem um acerto com o volante de 24 anos. O estafe de Léo Sena firmou as bases salariais com os mineiros para um contrato que terá duração de cinco temporadas.

A contratação do jogador é um pedido do argentino Jorge Sampaoli à diretoria atleticana. O atleta, inclusive, está animado com a possibilidade de jogar em um time comandado pelo argentino.

Léo Sena tem vínculo com o Goiás até dezembro de 2020. O jogador não pretende seguir no Serra Dourada em 2021. Por isso, já informou à cúpula que não vai renovar o seu compromisso. Ele está liberado para assinar um pré-contrato a partir de 1º de julho.

Atlético-MG