PUBLICIDADE
Topo

Arnaldo Ribeiro: "Corinthians pegou o Chelsea em frangalhos em 2012"

Do UOL, em São Paulo

19/05/2020 04h00

A reprise da vitória do Corinthians diante do Chelsea na final do Mundial de Clubes em 2012 resgatou uma discussão sobre a atuação do time brasileiro, que tinha uma postura mais defensiva, mas atacou o campeão europeu e teve outras chances de vencer a partida, além da jogada em que o peruano Paolo Guerrero marcou o gol do título.

No podcast Posse de Bola #33, o jornalista Arnaldo Ribeiro diz que o Chelsea foi o time mais fraco de todos os últimos campeões europeus na disputa de um Mundial, em década que teve domínio dos espanhóis, com quatro títulos do Real Madrid (2014, 2016, 2017 e 2018) e dois do Barcelona (2011 e 2015) — além dos triunfos da Inter de Milão (2010), Chelsea (2012), do Bayern de Munique (2013) e do Liverpool (2019).

"O Corinthians não pegou um time no ápice, o Chelsea estava em frangalhos, tinha trocado o técnico, estava todo remendado, e outra coisa. A questão do ambiente, aquela massa corintiana, o Brasil num outro estado, literalmente, em 2012, as pessoas podendo viajar, milhares de brasileiros no Japão, parecia a arquibancada do Pacaembu", afirma Arnaldo (disponível no vídeo acima a partir de 15:20).

"São detalhezinhos que em uma partida de 90 minutos fazem diferença e às vezes proporcionam um título mundial, uma partida. Depende também do adversário, é isso o que eu estou dizendo, e o Chelsea não era, digamos, de todos esses últimos europeus que chegam lá e varrem todo mundo, ele era o mais fraquinho. E não é culpa do Corinthians, o Corinthians foi lá e executou", completa o jornalista.

Arnaldo afirma ainda que havia muita diferença entre o Chelsea que enfrentou o Corinthians em 2012 e o Liverpool que bateu o Flamengo na final de 2019.

"Quando o Flamengo foi jogar contra o Liverpool, o Flamengo atual do Jorge Jesus, era talvez a melhor oportunidade de um time brasileiro voltar a ganhar o Mundial depois daquele Corinthians lá atrás. Não pelo adversário, mas pela qualidade do Flamengo, há muito tempo a gente não via um time tão bom no Brasil, mas aí, diferentemente do Corinthians, e o detalhe faz toda a diferença, o Flamengo pegou um time no ápice, o Liverpool", justifica.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter). A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts.

Você pode ouvir o Posse de Bola em seu tocador favorito, quando quiser e na hora que quiser. O Posse de Bola está disponível no Spotify e na Apple Podcasts, no Google Podcasts e no Castbox . Basta buscar o nome do programa e dar play no episódio desejado. No caso do Posse de Bola, é possível ainda ouvir via página oficial do UOL e YouTube do UOL. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

Futebol