PUBLICIDADE
Topo

Quem são as duas próximas apostas de Jesualdo Ferreira no Santos

Anderson Ceará (esq.) e Ivonei (dir.) foram recentemente inscritos pelo Santos no Paulistão - Ivan Storti e Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC
Anderson Ceará (esq.) e Ivonei (dir.) foram recentemente inscritos pelo Santos no Paulistão Imagem: Ivan Storti e Pedro Ernesto Guerra Azevedo/Santos FC

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

20/03/2020 04h00

Diante da escassez de reforços, o técnico Jesualdo Ferreira vem dando espaço para vários Meninos da Vila na equipe profissional do Santos no início da temporada 2020. Antes da paralisação devido à pandemia de coronavírus, seis garotos foram utilizados, e o português já tem outros dois como próximas apostas.

Os meias Anderson Ceará, de 20 anos, e Ivonei, de 17, foram inscritos no Paulistão pouco antes da paralisação e chegaram a figurar no banco de reservas. Ceará iniciou o ano no Santos B, enquanto Ivonei disputou a Copinha e foi alçado ao time B após bom desempenho. Os dois chamaram atenção da comissão técnica de Jesualdo, que comanda as atividades da equipe.

"O Jesualdo falava comigo para melhorar meu posicionamento dentro de campo e ser mais agressivo. Os conselhos foram me dando confiança que em algum momento ele poderia me chamar e eu tinha que esta preparado", disse Anderson Ceará em entrevista exclusiva ao UOL Esporte.

"Treinei no B por uma semana e fiz um treino no principal, aí conversamos. Ele me falou algumas ideias, disse para eu seguir trabalhando e tal, que uma oportunidade poderia aparecer", contou Ivonei, também com exclusividade ao UOL Esporte.

Os dois garotos são considerados joias na base santista já há algum tempo. Enquanto Ivonei já tinha participado de atividades com o profissional no ano passado, Anderson Ceará chegou a estrear na equipe principal sob o comando de Cuca, mas rompeu o ligamento cruzado do joelho, lesão que o afastou de boa parte da temporada no ano passado.

Ceará despertou recentemente interesse do Red Bull Bragantino, mas o Peixe fez jogo duro para liberá-lo acreditando no potencial do jogador e o negócio esfriou. O meia não nega que a proposta era boa, mas enfatiza que escolheu ficar.

"No final do ano passado, recebi algumas boas propostas, em termos de oportunidade e projeto, mas meu desejo foi permanecer no Santos. Estou há muito tempo no clube e não queria sair sem estrear no profissional e retribuir o que fizeram por mim. O Santos foi muito sincero comigo. Me mostrou um projeto e disse que, se eu trabalhasse certinho, as oportunidades no Paulista iriam aparecer", explicou Ceará.

Ivonei foi um dos destaques do Santos na Copa Saão Paulo deste ano e soma convocações para as seleções brasileiras de base. O meia teve sucesso na base atuando ao lado de Sandry e Kaio Jorge, dois Meninos da Vila que já estão mais firmes no profissional. Agora, ele quer buscar seu espaço, mas com calma.

"Quando acabar toda essa crise que estamos vivendo e voltar ao normal, vou trabalhar, buscar meu espaço e aguardar uma oportunidade. Estou tranquilo em relação a isso", afirmou Ivonei.

Até aqui, Jesualdo já deu espaço para oito Meninos da Vila: Kaio Jorge, Yuri Alberto, Renyer, Tailson, Arthur Gomes e Sandry, além dos já mais experientes — mas ainda assim crias da base santista — Lucas Veríssimo e Alison.

Conheça os jogadores:

Sou um meia de criação com intensidade, bom drible e um ótima visão de jogo. Me sinto confortável jogando nas três posições do meio-campo, mas minha posição preferida é como 10, para servir os atacantes. (Anderson Ceará)

Eu gosto de pensar o jogo, criar, buscar espaços e finalizar de fora. Também procuro trabalhar bem as bolas paradas, acredito que eu tenha potencial para evoluir ainda mais nisso. (Ivonei)

Santos