PUBLICIDADE
Topo

'Muito confiante', diz Jesus após 'positivo fraco' em teste de coronavírus

Teste de Jorge Jesus, técnico do Flamengo, para coronavírus deu "positivo fraco" - Allan Carvalho/AGIF
Teste de Jorge Jesus, técnico do Flamengo, para coronavírus deu 'positivo fraco' Imagem: Allan Carvalho/AGIF

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

16/03/2020 19h15

Jorge Jesus, técnico do Flamengo, se pronunciou após a divulgação de que o teste para coronavírus deu "positivo fraco". O comandante rubro-negro, que fará uma contraprova, afirmou que não apresenta sintomas da Covid-19 e se mostrou confiante em relação aos próximos passos.

Em vídeo publicado nas redes sociais, ele agradeceu o carinho que recebeu dos torcedores do Flamengo e dos amigos.

"Olá! Boa tarde no Brasil e boa noite em Portugal. É verdade que meu teste deu positivo e também é verdade que eu me sinto normal. Hoje me sinto exatamente como me sentia há um dia, há um mês, há um ano, há dois anos, três, quatro [anos] atrás. Sinto uma pessoa completamente normal. Não vejo sintoma algum, mas é verdade que tive o teste positivo. Vou ficar de quarentena. Quero agradecer o carinho de todos os meus amigos, meus fãs, aos meus seguidores e à nação flamenguista por terem partilhado comigo essa minha situação, que penso que, mais semana, menos semana, se Deus quiser, vai voltar à normalidade. Grande beijo em vocês todos e estou muito confiante", disse.

Jorge Jesus, assim como toda a delegação do Rubro-Negro, passou por exames de coronavírus após terem contato com Maurício Gomes de Mattos, vice-presidente de Consulados e Embaixadas. O dirigente, que testou positivo, teve contato com jogadores e comissão técnica na Colômbia, onde o time encarou o Junior Barranquilla, na estreia na Libertadores, e no voo de volta ao Brasil.

No último sábado, o Flamengo encarou a Portuguesa, pelo Campeonato Carioca, em partida com os portões fechados. Após a partida, Jesus se mostrou incomodado com o fato de a partida ter sido realizada, ressaltando, inclusive, o caso de um amigo próximo em Portugal - a morte foi confirmada hoje (16).

"Isso do coronavírus, o teste na equipe, as preocupações que a gente pode ter, a nossa família, isso está sendo um problema muito grande dentro da estrutura da família. Sou português sei o que está passando em Portugal, eu perdi um amigo", afirmou, claramente emocionado, ao canal oficial do Flamengo.

Dois dias antes, Jesus esteve no ginásio do Maracanãzinho para acompanhar a partida de basquete entre o Flamengo e Instituto Córdoba, pela Champions League América, antiga Liga das Américas. Nesta segunda, a equipe argentina anunciou que sua delegação entrou em quarentena, em razão da classificação do Brasil na lista de países de risco no combate ao coronavírus.

Aos 65 anos, o treinador português está numa faixa etária cuja taxa de mortalidade, segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), tem sido de 3,6% para casos confirmados com o novo coronavírus. Após reunião realizada hoje, entre Federação de Futebol do Rio de Janeiro (Ferj) e clubes, ficou decidido que o Carioca será paralisado por 15 dias.

Durante a tarde, o Flamengo divulgou que os treinos do elenco profissional e da base estão suspensos até a próxima segunda-feira.

Flamengo