PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Landim cita autógrafos como 'carinho' às famílias das vítimas do Ninho

Presidente do Flamengo Rodolfo Landim e vice Rodrigo Dunshee em missa em homenagem às vítimas do incêndio no Ninho  - Paula Reis / Flamengo
Presidente do Flamengo Rodolfo Landim e vice Rodrigo Dunshee em missa em homenagem às vítimas do incêndio no Ninho Imagem: Paula Reis / Flamengo

Alexandre Araújo e Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

22/02/2020 21h48

Em busca de uma aproximação com as famílias das vítimas do incêndio no Ninho do Urubu, que completou um ano no último dia 8, Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, citou que o clube fez 'uma festa' e entregou autógrafos aos familiares. O mandatário falou sobre a ação em meio às celebrações pela conquista da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca.

"Recentemente, depois do jogo que a gente fez, nosso vice-presidente de Consulados [Maurício Gomes de Mattos] foi lá, fizemos uma festa com nossos jogadores, pegamos autógrafos, entregamos às famílias e estamos tentando envolver pessoas do Flamengo com as famílias. É um carinho adicional que temos dado a essas famílias", disse.

O mandatário se referiu à final da Supercopa do Brasil, que aconteceu no último dia 16, em Brasília. Com uma vitória por 3 a 0, a equipe da Gávea levou o título.

Na edição da última sexta-feira do UOL de Primeira, foi publicado que o Rubro-Negro vem ensaiando essa aproximação com os familiares. Nos últimos dias, contatos com representantes das família foram feitos e houve uma promessa de retomá-los após o Carnaval.

Flamengo