PUBLICIDADE
Topo

UOL Esporte vê TV


Neto elogia Galvão por pedido de desculpas e ataca patrulheiros da internet

Neto, apresentador do Os Donos da Bola - Divulgação
Neto, apresentador do Os Donos da Bola Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

18/02/2020 15h44

Galvão Bueno recebeu elogios de Neto por pedir desculpas à repórter Nadja Mauad, ontem, durante o Bem, Amigos, programa do SporTV. Parabenizando o principal narrador do Grupo Globo pela humildade, o apresentador do Os Donos da Bola criticou os 'patrulheiros da internet' por cornetarem Galvão.

"Parabéns ao Galvão Bueno por ter pedido desculpas para a menina, porque, quando a gente tem a humildade de pedir desculpa, tudo bem. E o Galvão Bueno é um dos maiores mitos que tem neste país, e as pessoas têm que parar de ser patrulheiras do jeito que são. Ele já pediu desculpa para a menina, que, realmente, foi muito mal-educado, mas ele é um monstro sagrado. Galvão Bueno tem que ser respeitado neste país. As pessoas precisam respeitar mais as histórias das pessoas", disparou Neto, que recordou o infarto sofrido pelo narrador no ano passado:

"Quem de vocês que estão do outro lado ficou 30 anos na Globo narrando futebol como ele narra? Agora, o cara dá um deslize e vocês querem acabar com a carreira dele? Será que vocês viram que o cara, outro dia, teve um problema no coração? Será que vocês não podem ter entendimento, vocês, patrulheiros da internet? (...) E parabéns à menina, que teve humildade suficiente para reconhecer, até porque é uma excelente repórter", completou o ex-jogador.

A polêmica envolvendo Galvão Bueno e Nadja Mauad ocorreu durante a transmissão de Flamengo X Athletico-PR, pela Supercopa do Brasil. Na ocasião, a repórter forneceu informações sobre Abner, jovem de 19 anos que entrou no segundo tempo pelo Furacão. Pouco depois, o narrador chamou Nadja, pedindo para ela dar 'a informação completa ao telespectador'.

Incomodados com o tom utilizado por Bueno, os internautas apontaram que Nadja já havia transmitido a informação. Cerca de quinze minutos após o incidente, o narrador se desculpou ao vivo.

UOL Esporte vê TV