PUBLICIDADE
Topo

Futebol


Gre-Nal do turno coloca Coudet e Renato Gaúcho em duelo à parte precoce

Ricardo Duarte/Inter / Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Imagem: Ricardo Duarte/Inter / Lucas Uebel/Grêmio FBPA

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

15/02/2020 04h00

Classificação e Jogos

Eduardo Coudet é o grande reforço do Internacional para 2020 e, desde que foi anunciado, o treinador povoa o imaginário da torcida por vários motivos. Um deles é a estratégia a ser adotada contra Renato Gaúcho. Hoje (15), o time colorado recebe o Grêmio em um Gre-Nal precoce e que coloca frente a frente os dois treinadores.

Inter e Grêmio se enfrentam às 16h30min (horário de Brasília), no estádio Beira-Rio, na semifinal do primeiro turno do Campeonato Gaúcho.

A projeção era de um duelo entre Eduardo Coudet e Renato Gaúcho na final do turno ou, então, na grande decisão do estadual. O primeiro embate chega menos de um mês após o início do ano. E vale mais do que a vaga.

Aos 45 anos, Coudet tem a missão de transformar o Inter das últimas temporadas em um time mais ofensivo. É, debaixo de muitas camadas, uma tarefa semelhante àquela que Renato Portaluppi encarou em setembro de 2016.

Doze anos mais velho, Renato defende no primeiro clássico do ano o domínio recente do Grêmio no Campeonato Gaúcho. Também sustenta a bandeira de uma equipe técnica e aguda.

De acordo com o Footstats, o Grêmio tem 98 finalizações em cinco partidas do Gauchão. O Inter é segundo no ranking, atrás do time tricolor, com 61 chutes. Os dados da dupla Gre-Nal estão bem distantes do terceiro lugar da lista, o Aimoré, com míseras 17 conclusões. A diferença estatística entre Grêmio e Inter também ajuda a desenhar o quadro do jogo no Beira-Rio.

De um lado o time com base mantida há três anos e processos já enraizados a ponto de serem hábitos. Do outro uma equipe que tenta se encaixar dentro de uma ideia.

"Cada dia vamos entendendo mais e mais a ideia do professor. Agora é continuar, seguir do mesmo jeito", comentou Guerrero. "O Chacho pede para a gente jogar como a gente treina. Ter um time intenso, atento", completou Rodinei.

O Inter de Coudet prefere o jogo físico. Com velocidade, intensidade. Pressão ao portador e toques rápidos, curtos, em direção ao gol. Com jogadores próximos para criar linhas de passe.

O Grêmio de Renato tem se notabilizado por atuar com cadência no meio-campo. Maicon e Matheus Henrique formam uma dupla de volantes técnicos com bom passe. Pelos lados, Alisson e Everton Cebolinha controlam as ações em busca de um apoio central — antes Luan, depois Diego Tardelli e Luciano e agora mais recentemente, Diego Souza.

A defesa colorada, por exemplo, passou a jogar mais adiantada em 2020. Nos dois anos anteriores, a dupla Rodrigo Moledo e Victor Cuesta conseguiu destaque por atuar protegida por volantes e sem a necessidade de sair à caça de combates individuais. Justamente o oposto dos zagueiros do Grêmio. Com Geromel e Kannemann, o time de Renato adianta linhas e deixa a defesa no chamado mano a mano sem receio. Sem eles, Paulo Miranda e David Braz exigem maior proteção do setor.

A despeito das táticas, Eduardo Coudet e Renato Gaúcho chegam ao primeiro Gre-Nal do ano como protagonistas. São os treinadores que chamam mais atenção antes de a bola rolar. Depois do jogo se saberá quem levou a melhor na batalha inicial e que pode fazer parte de até 13 duelos ao longo da temporada.

FICHA TÉCNICA:
INTERNACIONAL x GRÊMIO

Data e hora: 15/02/2020 (sábado), às 16h30min (de Brasília)
Local: estádio Beira-Rio, em Porto Alegre
Árbitro: Jean Pierre Lima (RS)
Auxiliares: Lúcio Flor (RS) e Leirson Martins (RS)
Árbitro de vídeo: Carlos Braga (RJ)

INTERNACIONAL: Marcelo Lomba; Rodinei, Moledo, Cuesta e Moisés; Damián Musto, Rodrigo Lindoso, Edenilson e Gabriel Boschilia (Marcos Guilherme); D'Alessandro e Guerrero. Técnico: Eduardo Coudet

GRÊMIO: Vanderlei; Victor Ferraz, Paulo Miranda, David Braz e Cortez; Maicon, Matheus Henrique (Lucas Silva), Alisson, Luciano (Lucas Silva) e Everton; Diego Souza. Técnico: Renato Gaúcho

Futebol