PUBLICIDADE
Topo

Sem todos reforços, Odair escala Flu longe do ideal para estreia no Carioca

Odair dá instruções para Felippe Cardoso: Flu estreia sem todos os reforços à disposição - Mailson Santana/Fluminense FC
Odair dá instruções para Felippe Cardoso: Flu estreia sem todos os reforços à disposição Imagem: Mailson Santana/Fluminense FC

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

19/01/2020 04h00

Classificação e Jogos

O Fluminense estreia no Campeonato Carioca neste domingo (19), mas o torcedor ainda verá um time bem distante do que o técnico Odair Hellmann pretende para 2020. O Tricolor enfrenta a Cabofriense às 19h, no Elcyr Resende, em Bacaxá, sem grande parte dos reforços à disposição e até com algumas baixas por lesão.

Começando pelo gol, o titular Muriel ainda será preservado. Depois de sofrer uma fratura na mão, ele já está recuperado, mas ainda readquire a melhor forma em trabalhos com o preparador André Carvalho. Em seu lugar jogará Marcos Felipe, que terminou 2019 invicto pelo Fluminense.

A zaga é outro setor onde o Flu terá reservas. Nino está na seleção pré-olímpica, e Digão ainda não foi regularizado após acertar sua renovação. Outra opção para a posição, Frazan sofreu séria lesão no joelho e deve ficar mais de seis meses fora. Assim, sem muitas alternativas, o Tricolor abreviou o planejamento para a recuperação de Matheus Ferraz, que terá a companhia de Luccas Claro no miolo de zaga.

Na direita, Gilberto é o titular solitário da linha de defesa tricolor. Na outra lateral, Orinho será o titular. Contratado junto ao Cruzeiro, Egídio ainda não foi inscrito, e Mascarenhas ainda está fora de forma após um 2019 repleto de lesões.

O meio de campo terá a estreia de um dos principais reforços do Flu para 2020: o volante Hudson, apresentado na sexta-feira (18) no CT Carlos Castilho. Ele terá a companhia de Yuri, que assinou em definitivo com o Tricolor, e Nenê. Projetados como titulares, Henrique ainda aguarda envio de sua documentação pelo Cruzeiro e Ganso cumpre suspensão pela expulsão no Fla-Flu da Taça Rio de 2019.

Já na frente, o Fluminense terá caras novas. Novo reforço, Felippe Cardoso deve atuar no comando de ataque, que terá também a estreia de Lucas Barcellos. O jovem de 21 anos nunca atuou como profissional com a camisa tricolor. Depois de ser duas vezes artilheiro do Carioca Sub-20, uma vez pelo Bangu e outra pelo Tricolor, esteve emprestado à Perilima e retornou ao clube no fim de 2019. Além da dupla, Pablo Dyego e Miguel disputam a última vaga.

Fluminense