PUBLICIDADE
Topo

Quem sai, quem fica e quem pode sair na "debandada" do Cruzeiro na Série B

Faltando menos de uma semana para a estreia no Estadual, Adilson Batista ainda não sabe com quem contará no Cruzeiro - Vinnicius Silva/Cruzeiro
Faltando menos de uma semana para a estreia no Estadual, Adilson Batista ainda não sabe com quem contará no Cruzeiro Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

16/01/2020 04h00

O Cruzeiro está a menos de uma semana de fazer sua estreia no Campeonato Mineiro de 2020, mas ainda não sabe com quais jogadores poderá ou não contar diante do Boa Esporte, no próximo dia 22. Na previsão da diretoria, o clube já deveria estar com todas as situações resolvidas até ontem (15), mas ainda precisa colocar um ponto final na conversa com vários jogadores.

Apesar de já ter reforço treinando na Toca da Raposa, nenhum nome foi oficialmente anunciado pela diretoria. No caminho contrário, onze atletas já deixaram o clube. Outros sete estão à procura de um novo destino, e três aguardam a decisão dos tribunais para se desligarem. Veja o balanço completo do time celeste no mercado da bola:

Quem já saiu:

Pedro Rocha (Flamengo), Henrique e Egídio (Fluminense), Jadson (Bahia), Marquinhos Gabriel (Athletico Paranaense), Joel (Marítimo-POR), Renato Kayzer (Atlético-GO) e Patrick Brey (Ferroviária) já estão em seus novos clubes. O lateral esquerdo Dodô, que pertence à Sampdoria, não foi comprado em definitivo e se desligou do Cruzeiro. Já o zagueiro Fabrício Bruno, desejado pelo Red Bull Bragantino, entrou em um acordo com a Raposa para ter seu contrato rescindido. Por último, na noite de ontem, o clube se acertou a saída de Digão, que tinha contrato até julho e retornou ao Fluminense.

QUEM AINDA PODE SAIR:

Vinnicius Silva/Cruzeiro
Imagem: Vinnicius Silva/Cruzeiro

Quase um time inteiro de atletas ainda pode deixar o clube por motivos diferentes. Rodriguinho, Dedé, Fred e Ariel Cabral ainda não entraram em um acordo para reduzirem os salários, e a tendência é que isso não aconteça. Se não houver um denominador comum, o próximo passo será resolver os moldes de um eventual desligamento.

Além disso, o lateral Orejuela foi comprado em definitivo recentemente, mas não está disposto a diminuir seus vencimentos e nem a ficar no clube para jogar a Série B, já que tem sido figura frequente nas convocações da Colômbia. A intenção do Cruzeiro é de emprestar o jogador e ver seu ativo valorizar em outra equipe. Flamengo e Palmeiras são os interessados.

Sassá e Marcelo Hermes também estão com as situações indefinidas. O atacante interessa ao Coritiba e pode ser emprestado. Já o lateral deve perder espaço com a chegada de João Lucas.

Além de todos os jogadores já citados, três atletas precisarão definir o futuro nos tribunais. Thiago Neves, Éderson e David acionaram o Cruzeiro na Justiça para cobrar diversas dívidas, como o pagamento de salários atrasados, direitos de imagem, 13º, férias e FGTS. A primeira decisão foi favorável ao clube mineiro, e o trio não conseguiu a rescisão imediata. Contudo, novas audiências estão marcadas para o mês de fevereiro, quando a agremiação terá um direito de se defender. Se não conseguir fazer um acordo até o encontro, o clube pode receber uma notícia ruim e ser obrigado a rescindir com a trinca, que sequer participa dos treinamentos na Toca da Raposa.

Mas quem fica?

Se muitos jogadores já foram ou estão para sair, poucos serão os que chegam ou os que ficam. Até o momento, somente o zagueiro Léo e o lateral Edilson entraram em acordo com a diretoria. O goleiro Fábio está com suas conversas paralisadas, mas já deu indícios fortes de que está disposto a se adequar à nova realidade do clube. O reserva Rafael, além do zagueiro Manoel e do meia Robinho (lesionado pelo menos até abril) também estão encaminhados para serem incluídos no plantel de 2020.

Sem recursos para fazer grandes contratações, a diretoria deve fazer poucas e tímidas contratações. O zagueiro Ramon veio do Vitória e ainda precisa acertar seu salário com a diretoria, mas já treina normalmente com o grupo e é desejado pelo técnico Adilson Batista. Na lateral esquerda, João Lucas deixará o Ceará e é aguardado em Belo Horizonte nos próximos dias. Por último, a diretoria ainda tenta a contratação por empréstimo de Everton Felipe junto ao São Paulo.

Cruzeiro