Topo

Após vitória sobre Palmeiras, Jesus afirma: 'É difícil parar o Flamengo'

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

01/12/2019 20h31

Após a vitória do Flamengo por 3 a 1 sobre o Palmeiras, no Allianz, pelo Campeonato Brasileiro, o técnico Jorge Jesus admitiu que ganhar do time rubro-negro não tem sido uma tarefa fácil. A última derrota da equipe foi no começo de agosto, no duelo com o Bahia, pela competição nacional.

Com o triunfo, a equipe da Gávea atingiu 87 pontos, algo nunca antes feito desde quando o Brasileiro passou a ter 20 clubes. O Santos, atual segundo colocado, tem 71.

"Acreditamos muito na competência do nosso trabalho. Estrutura não nos falta, temos todas as condições de mais alto nível para jogarmos. Com as vitórias e qualidade da equipe, o jogo se torna mais fácil. É difícil parar o Flamengo, a resposta são os jogos. Se nós acreditávamos? Claro que sim. Se não [acreditasse], não vinha ao Brasil. Ainda temos mais um título para conquistar, o mais difícil [Mundial de Clubes]", disse.

Apesar de o Flamengo já ter conquistado a Libertadores e o Campeonato Brasileiro, Jorge Jesus garantiu a motivação do elenco. O treinador português assegurou que o grupo rubro-negro vai atrás de novas marcas, que fazem com que a "equipe continue com adrenalina".

"Criamos uma marca desde que chegamos. Na palestra antes dos jogos, falamos em tática e muito em jogar "à la Flamengo". Ainda temos motivação, muita motivação, para chegar nas marcas. Isso faz com que a equipe continue com adrenalina, motivação, mesmo já sendo campeão. Segue empenhada em busca das vitórias. Eles sabem que há mais um título a ser disputado, com dois adversários que estão no auge, enquanto estamos em fim de temporada".

O técnico também comentou o fato de Mano Menzes, que recentemente chegou a debater o trabalho que vinha sendo realizado no Flamengo em um programa do SporTV, ter ido ao vestiário antes da partida cumprimentá-lo e parabenizá-lo pelos recentes títulos.

"Foi um gesto bonito. Já tínhamos nos encontrado algumas vezes, mas nunca com as equipes se enfrentando. Foi mais por alguns treinadores com pouco nome e pouca capacidade do futebol brasileiro. Mas isso já passou, sou um colega deles. Serei sempre um colega de profissão", afirmou.

Jesus apontou que os jogadores rubro-negros terem ido ao setor visitante aplaudir, mesmo com ele vazio, foi uma forma de agradecimento à torcida, que não pôde comparecer ao jogo porque a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) acabou uma recomendação do Ministério Público do Estado de São Paulo:

"O gesto da equipe foi uma forma de agradecer todo carinho e todo apoio. Hoje eles não estavam presentes fisicamente, mas no coração de toda equipe. Temos que ser gratos a quem nos tem apoiado e acarinhado".

Flamengo