Topo

Futebol


Cristiano Ronaldo se irrita na Juventus após ser sacado em 2 jogos seguidos

Cristiano Ronaldo se irritou ao ser substituído em jogo da Juventus contra o Milan - Marco Bertorello/AFP
Cristiano Ronaldo se irritou ao ser substituído em jogo da Juventus contra o Milan Imagem: Marco Bertorello/AFP

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

12/11/2019 04h00

Resumo da notícia

  • Cristiano Ronaldo foi substituído nos dois últimos jogos da Juventus
  • Craque não gostou de sair contra o Milan e viu Dybala decidir o jogo
  • Deixar o campo sem o jogo decidido tem sido raro na carreira de CR7
  • Técnico Maurizio Sarri explicou as substituições por motivos físicos

Cristiano Ronaldo voltou a viver no último sábado (9) uma situação nada comum em sua carreira. Pela segunda vez seguida, o astro foi substituído por opção do treinador no meio de um jogo que não estava decidido. Saiu irritado, foi embora do estádio antes do fim da partida e ainda viu o jogador que entrou em seu lugar, Dybala, fazer o gol da vitória por 1 a 0 da Juventus sobre o Milan pelo Campeonato Italiano.

O cenário já havia acontecido na quarta-feira passada (6), quando o técnico Maurizio Sarri substituiu Cristiano do jogo contra o Lokomotiv Moscou na Liga dos Campeões, com o placar apontando 1 a 1. Sem seu craque em campo, a Juve fez o gol da vitória nos acréscimos, em linda jogada de Douglas Costa com assistência de Higuaín.

Embora o fato de ser substituído não seja uma novidade na carreira de CR7, sair com um jogo ainda não decidido é algo bem incomum. Na temporada passada, por exemplo, ele só saiu em dois jogos da Juventus no Campeonato Italiano, e em ambos a fatura já estava liquidada: 3 a 0 no Frosinone e 3 a 0 na Fiorentina. Nos dois casos, o placar já estava construído, inclusive com um gol do português em cada jogo.

Na Liga dos Campeões, um técnico tirar Cristiano de campo por opção é ainda mais raro. A última vez em que o craque fora substituído no principal torneio de clubes da Europa havia sido na edição 2015/16, quando deixou o campo aos 44 minutos do segundo tempo, também com jogo já decidido: placar de 2 a 0 contra a Roma, com um gol dele.

Nas temporadas 2016/17 e 2017/18, Cristiano bateu seu recorde de substituições pelo Real Madrid no Campeonato Espanhol: saiu sete vezes na primeira, e cinco na segunda. Mas as saídas eram parte de um plano traçado com o técnico Zinedine Zidane, com o objetivo de preservá-lo fisicamente para momentos decisivos na temporada. Não à toa, ele foi campeão e artilheiro da Liga dos Campeões nas duas temporadas com o Real Madrid.

As justificativas de Sarri para tirar Cristiano de campo também passaram por motivos físicos. Depois do jogo com o Lokomotiv, o treinador disse que o português estava com dores no joelho. Já após a partida com o Milan, em que o astro saiu de campo demonstrando irritação, o técnico disse que o problema seria um pisão que ele recebera havia 20 dias e que estava limitando seu desempenho nos treinamentos.

Com mais da metade da temporada ainda para jogar, Cristiano Ronaldo terá tempo de sobra para voltar a ser decisivo para a Juventus. Em 2019/20, o craque de 34 anos soma seis gols em 14 jogos oficiais pela Velha Senhora, com média de 0,43. Na temporada passada, sua primeira pela Juve, a marca foi de 28 gols em 43 jogos, com média de 0,65.

Futebol