PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Mano conversa com Borja após polêmica e tenta encerrar novela no Palmeiras

Danilo Lavieri e José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

10/11/2019 04h00

Mano Menezes tentou encerrar a novela criada durante esta semana com Miguel Borja. O atacante não gostou de declarações do treinador sobre a sua trajetória e respondeu em entrevista à Rádio Blu, da Colômbia. Apesar do problema ter vindo a público, ele recebeu chance do treinador para enfrentar o Corinthians na partida de ontem (9), no Pacaembu, ao entrar no lugar de Deyverson.

O camisa 9, inclusive, teve uma boa chance de balançar as redes e quase deixou o estádio como nome da vitória. No final, o dérbi terminou no 1 a 1.

Mano Menezes revelou que conversou pessoalmente com o atleta na Academia de Futebol e reclamou da interpretação que algumas pessoas tiveram da sua declaração no programa Bola da Vez, da ESPN Brasil.

"A única coisa que eu quero cuidar é da alma do Borja, que é muito boa e não quero atingir porque não é minha intenção. Fiz comentário absolutamente normal. Já levaram para lá, levaram para cá. A resposta completa que está ali não pertence toda ao Borja. Eu estava falando de momentos gerais, de expectativas que foram criadas", iniciou.

"Nós conversamos, óbvio que conversamos. Eu deixei claro que vou utilizar porque ele faz parte do grupo. Também porque entrou bem como entrou, teve grande chance e poderia ter feito o gol. Enquanto ele estiver no grupo, ele vai ser utilizado", completou.

Como já havia mostrado o UOL Esporte antes mesmo das declarações públicas, Borja já considerava deixar o Alviverde mesmo antes de toda essa polêmica. Atrás de Luiz Adriano, Deyverson e Henrique Dourado na concorrência, o atleta pretende ter mais chances de atuar em 2020.

Com vínculo até 2021 no Alviverde, ele foi a contratação mais cara da história do clube, com um custo de mais de R$ 50 milhões, mas não caiu no gosto da torcida. Ele chegou a ser artilheiro do time no Paulista e na Libertadores, mas ainda assim é contestado pelas chances perdidas.

Internamente, Borja é elogiado por ter um bom relacionamento com todos no grupo, mas é criticado justamente por não conseguir evoluir tática e tecnicamente, mesmo com as diversas trocas de comando.

O que o Palmeiras deve fazer com Borja?

Resultado parcial

Total de 2260 votos
19,51%
53,05%
27,43%
Total de 2260 votos

Palmeiras