Topo

Marquinhos se emociona com 1º gol pelo Atlético-MG e chora em entrevista

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

06/11/2019 22h43

Marquinhos não conteve as lágrimas ao falar sobre o gol marcado pelo Atlético-MG na vitória por 2 a 0 sobre o Goiás, no Mineirão. O atacante de 20 anos concedeu entrevista ao canal SporTV ao fim do jogo válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro e não conseguiu se segurar.

O garoto chorou bastante e se lembrou da infância, quando trabalhou como servente de pedreiro e vigiou carro ao lado de seu pai.

"Quando eu fiz o gol, passou um filme na minha cabeça. Um garoto que ajudava o pai como servente de pedreiro, ajudei meu pai vigiando o carro. Hoje, fazer um gol no Mineirão, com a camisa do Atlético, é uma coisa que não tem como falar. Quero mandar um beijo pro Eder, Samu, minha noiva, que sempre me incentivaram, falaram e acreditaram em mim. Filha, eu te amo, abraço", declarou de forma bastante emocionada.

Não foi apenas em sua entrevista à televisão que o jogador se emocionou. Ao celebrar o gol marcado no Mineirão, o atleta também foi aos prantos. Ele se deitou no gramado e começou a chorar antes de abraçar os colegas de elenco.

Marquinhos entrou no intervalo do jogo, na vaga de Elias, que se lesionou ainda no final do primeiro tempo. Ele foi usado como homem de criação, em que pese ter entrado na vaga de um volante.

Atlético-MG