Topo

Futebol


Jovens resolvem, Atlético-MG supera noite inspirada de Tadeu e vence Goiás

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

06/11/2019 21h56

O Atlético-MG teve uma atuação convincente e venceu o Goiás por 2 a 0, na noite de hoje, no Mineirão, pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. Marquinhos e Bruninho, jovens que entraram no segundo tempo, fizeram os gols do jogo.

Com o resultado, o Galo chega a 39 pontos e abre uma distância de oito pontos da zona de rebaixamento. O Fluminense, que é o primeiro do grupo de descenso, joga amanhã, diante do São Paulo, no Morumbi. O Goiás é o décimo colocado do torneio nacional, com 42 pontos conquistados. Mesmo com o revés, o time segue longe de uma queda para a Série B.

O melhor: Tadeu

Não há palavras para descrever o que o goleiro do Goiás fez em campo, na noite de hoje, no Mineirão. Tadeu fez defesas incríveis. Foram nove intervenções ao todo, mas pelo menos três com grau de dificuldade elevado. Em uma delas, caído no chão, ele se recuperou para evitar que Otero balançasse a rede no segundo tempo do confronto.

O pior: Juan Cazares

Apático, pouco acrescentou ao time de Vagner Mancini na noite de hoje. O equatoriano atuou mais centralizado, entre Otero e Luan. No entanto, não conseguiu dar a mesma dinâmica que os companheiros do setor de criação. Fez raríssimas jogadas de efeito, como está acostumado, e acabou substituído por Bruninho no segundo tempo do confronto ocorrido no Mineirão.

Vaiado na escalação, Zé Welison reage é o melhor do Atlético em campo

O volante foi impecável na marcação diante do Goiás. Preciso nos desarmes, evitou que o visitante tivesse espaço para criar no meio de campo. Zé Welison segurou com maestria as investidas do time de Goiânia no meio de campo, sobretudo da dupla de armadores, formada por Thalles e Léo Sena. Ele não perdeu as divididas e acertou também todos os desarmes que tentou, de acordo com o site Sofascore, especialista em estatísticas.

Marquinhos estreia com gol no Mineirão

Aos 20 anos, Marquinhos fez a primeira partida como atleta profissional no Mineirão. E não podia ser melhor. O garoto que substituiu Elias no intervalo fez uma boa partida e coroou a ótima atuação com um gol. Ele finalizou de fora da área, sem chances para a defesa do goleiro Tadeu. Uma das poucas finalizações não defendidas pelo camisa 23 na noite de hoje.

Bruninho volta a ter chance e faz o 2º pelo Atlético

Acionado para a vaga de Juan Cazares, no segundo tempo do confronto, o jovem Bruninho fez o seu segundo gol com as cores do Atlético. Ele aproveitou sobra na grande área e finalizou rasteiro, no canto de Tadeu. Este foi o segundo gol do atleta com as cores do clube. Antes disso, ele havia feito um diante do Internacional, na derrota por 3 a 1, no Independência.

Atlético recupera DNA ofensivo e pressiona Goiás desde o início

Vagner Mancini cumpriu a promessa feita em relação à mudança na forma de atuar do Atlético. O técnico escalou o time de forma ofensiva e pressionou o adversário desde os minutos iniciais. Com boas atuações de seus pontas - Luan e Rómulo Otero -, o time levou muito perigo à meta defendida por Tadeu. A entrada de Marquinhos, no segundo tempo do confronto, melhorou ainda mais a equipe em termos ofensivos. Foram ótimas chances de balançar a rede.

Goiás é sucumbido e nem Michael consegue jogar no Mineirão

Pressionado desde o início pelo Atlético, o Goiás encontrou muita dificuldade para fazer o seu jogo no Mineirão. As escapadas de Michael foram quase nulas durante a partida. O atacante teve dificuldades até para tentar uma jogada individual pelo lado do campo, como costuma fazer nos duelos da equipe esmeraldina.

Ficha técnica
Atlético-MG x Goiás

Motivo: 31ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Data: 6 de novembro de 2019 (quarta-feira)
Horário: às 20h (de Brasília)
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (SP)
Assistentes: Neuza Ines Back (Fifa/SP) e Evandro de Melo Lima (SP)
VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Cartão amarelo: Rafael Moura, Leandro Barcia (Goiás)

Gols: Marquinhos - 9'/2ºT (1-0); Bruninho - 49'/2ºT (2-0)

Atlético-MG
Cleiton; Patric, Igor Rabello, Réver e Fábio Santos; Zé Welison, Elias (Marquinhos), Luan, Cazares (Bruninho) e Rómulo Otero (David Terans); Franco Di Santo.
Técnico: Vagner Mancini.

Goiás
Tadeu; Yago Rocha (Breno), Lucão, Rafael Vaz e Jefferson; Gilberto (Kaio), Léo Sena (Filipe Cândido), Thalles e Leandro Barcia; Michael e Rafael Moura.
Técnico: Ney Franco.

Futebol